Rufam os tambores, balançam as bandeiras e é dada a largada! A corrida dos gigantes do Futebol europeu, na busca pela contratação mais cara da história do Brasil, já começou e o Barcelona tomou a ponta.

Arthur, volante titular do Grêmio na última temporada, com multa de rescisória no valor de 50 milhões de Euros (aproximadamente 197 milhões de reais na cotação atual), está com os dias contados na Capital gaúcha.

Sondado e desejado por diversos clubes do Velho Continente já há algum tempo, incluindo nestes a dupla de elite do futebol espanhol, Barcelona e Real Madrid, o meio-campista é extremamente cobiçado para compartilhar de seu futebol com inúmeras equipes do mais alto escalão mundial já na próxima temporada, notícia que está por gerar certa competição pelo garoto, que tem apenas 21 anos.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Famosos

Com interesse já manifestado em realizar o sonho de atuar pelo clube catalão, Arthur pode deixar a Arena logo no início de janeiro.

Bom, pelo menos é o que diz a edição de hoje do jornal espanhol “Sport”, que afirma que dirigentes do Barcelona estão engajados para efetuar a contratação de Arthur, principalmente depois do conhecimento do desejo de outros clubes, já tendo até mesmo programado o envio de emissários para a garantia da compra do jogador.

Rescisão ou negociação?

A janela europeia está próxima de abrir e o clube espanhol prepara proposta a ser enviada para Porto Alegre, a fim de tentar reduzir o valor de multa a ser pago por Arthur. O presidente do Grêmio [VIDEO], Romildo Bolzan, já havia deixado claro sua posição, de que não iria permitir a diminuição nos valores e que só haveria negociação com o pagamento integral da multa rescisória.

O Barcelona, por sua vez, foca seus esforços na contratação multimilionária de Philippe Coutinho, na difícil missão de tirar o craque brasileiro do Liverpool, embora não omita que perder a disputa por Arthur não está nos seus planos.

Entre as condições de negociação para diminuir o valor da multa, estaria a possibilidade do Grêmio [VIDEO] pedir para que Arthur permaneça por mais uma ou meia temporada no clube, mesmo que vendido, para depois viajar para a Espanha.

Além disso, poderia negociar o pagamento integral ou parcial dos vencimentos do jogador durante o último semestre no clube, assim economizaria dinheiro e ainda teria tempo para a passagem de posição, de Arthur para Maicon ou quem quer que seja o substituto.

Cedo ou tarde, com multa parcial ou integral, Arthur deve rumar para a Europa. É seu destino. Tem classe, talento, técnica e vontade para isso. Foi bom, muito bom enquanto durou, mas já sabíamos disso, né? O meio-campista era um estranho no ninho do Canarinho do futebol brasileiro. Mais do que Luan, Arthur era/é um jogador de nível europeu, atuando (ainda) no Brasil.