A janela de transferências já está aberta e os clubes paulistas estão extremamente exaltados em busca de reforços, até porque o Corinthians, Santos e Palmeiras dominaram as três primeiras colocações do Campeonato Brasileiro, e estão classificados para a Copa Libertadores da América, assim tendo que criar bons elencos para disputarem a competição.

O São Paulo é o único que não está na Libertadores, mas também quer montar um bom elenco para retomar a boa fase, pois neste ano o clube, que leva o nome da capital paulistana, esteve à beira do rebaixamento [VIDEO] por diversos momentos, sendo salvo por uma mudança de treinador e a chegada do ídolo Hernanes, jogando muito bem e tirando o clube da zona de rebaixamento.

A diretoria palmeirense já anunciou a contratação de três atletas, até então. Estes são o zagueiro Emerson Santos, o lateral-esquerdo Diogo Barbosa e o meio-campista Lucas Lima, respectivamente, sendo todos vindos de outros clubes brasileiros.

A maior estrela do Santos, o meia armador de jogadas Lucas Lima, foi contratado pelo seu maior rival, pois o atleta já tem um grande histórico de provocações contra o seu atual clube. Mas as negociações entre Santos e Palmeiras não devem acabar por aí.

O Palmeiras tem um elenco muito excessivo, com diversos jogadores, o clube deseja negociar e emprestar grande parte deles. O alviverde investiu muito no ataque, pois quando um atleta não dava certo, o clube, junto com a patrocinadora Crefisa, já trazia outro atleta caríssimo. Assim como aconteceu quando o colombiano Miguel Borja não deu certo e a diretoria foi atrás de Deyverson.

Os dirigentes e conselheiros de futebol do alviverde da capital já colocaram na mesa quais os atletas que não serão mais necessários no elenco palmeirense. Dentre esses estão Érik, Róger Guedes e Egídio, mas ainda vão ter mais jogadores que serão negociados, assim como o volante Arouca que foi emprestado ao Atlético Mineiro.

O atacante Bruno Henrique é, com a saída de Lucas Lima, a maior estrela do Santos, no momento. Por isso que o atleta deve ter um poder de decisão muito grande dentro do clube. Com um bom relacionamento com Érik, pois o jogador já atuou com ele no Goiás, Bruno Henrique abriu as portas do Santos para o atleta.

O atacante do Santos afirmou que ajudaria muito ter este jogador como seu parceiro no ataque, até porque o mesmo pode exercer a função [VIDEO] de falso 9, ou então sendo o ponta direita.