O Palmeiras já pensa em 2018. Antes mesmo de o Campeonato Brasileiro acabar, o Verdão já iniciou o planejamento. As chegadas de Emerson Santos, Diogo Barbosa e Lucas Lima, de Botafogo-RJ, Cruzeiro e Santos respectivamente, comprovam as ações.

Eliminado das principais competições que disputou, o clube não quer cair no mesmo erro. Não quer mais priorizar nenhum tipo de campeonato. Vai entrar na disputa do Campeonato Paulista para tentar o título e não vai poupar nenhum jogador.

Publicidade
Publicidade

Roger Machado, novo técnico alviverde, tentará impor seu estilo de jogo já na pré-temporada. Com perfil da escola gaúcha, Machado vai apostar em defesa sólida e em contra-ataques rápidos, abrindo ainda mais espaço para Keno e Willian e fazendo com que Miguel Borja trabalhe ainda mais para se manter na equipe.

Reforço travado

A diretoria entende que o grupo precisa de mais um goleiro. Fernando Prass, com contrato renovado, encerra as atividades no final de 2018.

Publicidade

Jaílson, substituto absoluto, ainda tem chances de começar o ano como titular. Desde que chegou, o goleiro não perdeu um único sequer como titular.

Para minimizar a experiência negativa, o Palmeiras contatou o goleiro Weverton, do Atlético Paranaense. Campeão Olímpico, Weverton entra no perfil do clube. No domingo (3), o jogador foi afastado e não encarou o Palmeiras pela última rodada do Brasileiro.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

Estava tudo certo para fechar. Pois bem, estava.

Segundo o site do jornal O Estado de São Paulo, a diretoria paranaense pediu uma contrapartida para liberar o goleiro antes do término de seu vínculo (o contrato vai até final de maio): ou o depósito de R$ 3 milhões ou a liberação de dois jogadores em definitivo. Ambas as propostas foram negadas pelo Palmeiras, que segue negociando.

Existe uma pequena possibilidade de o clube paulista liberar uma verba, mas nem de perto dos R$ 3 milhões pedidos. A decisão deve sair na próxima semana.

Ranking atualizado

Apesar do ano ruim, o Palmeiras comemorou o fato de voltar a liderar o ranking da Confederação Brasileira de Futebol. O Cruzeiro, atual campeão da Copa do Brasil, divide o primeiro lugar com o Verdão. O Corinthians, que faturou o Campeonato Brasileiro edição 2017, está na sexta posição.

Além do ranking, o clube comemorou o fato de ser vice-campeão Nacional. A posição rendeu mais de R$ 11 milhões para os cofres.

Publicidade

Como o clube investiu quase R$ 100 milhões em reforços, o retorno de aproximadamente 10% do investimento foi considerado um bom negócio pela diretoria financeira.

Agora faltam os resultados em campo. Virão em 2018?

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo