Neste fim de semana acontecem os últimos jogos do ano das principais ligas europeias. Por isso fizemos um estudo para ver quais os 10 goleiros menos vazados das cinco principais ligas europeias. Foram levados em conta os goleiros que disputaram mais de 15 partidas por suas equipes em suas respectivas ligas. Só foram utilizados os dados das ligas. Competições como Liga dos Campeões, Liga Europa ou Copas Nacionais não foram contabilizadas. Então confira agora as 10 maiores muralhas da Europa na primeira metade da temporada 2017-2018.

10 - Alphonse Aréola

O goleiro do Paris Saint-Germain, que por diversas vezes foi emprestado enquanto era mais jovem, ganhou sua chance nesta temporada e não decepcionou.

Jogando simples e trazendo segurança ao gol parisiense, o goleiro colocou o goleiro contratado para a vaga de titular, Kevin Trapp, no banco de reservas. Em 17 jogos Aréola sofreu 14 gols, o que lhe traz uma média de 0.82 gols por partida e o décimo lugar nesta lista.

9- David De Gea

De Gea vem jogando em alto nível desde que assumiu a titularidade do gol do Manchester United. O espanhol corresponde muito bem quando é cobrado e por muitas vezes opera verdadeiros milagres embaixo das traves dos diabos vermelhos. Em 21 jogos na Premier League, De Gea sofreu 16 gols, uma média de 0.76 gols por partida.

8- Pepe Reina

Em oitavo lugar o experiente Pepe Reina. O goleiro soma passagens por gigantes do futebol europeu como Bayern de Munique, Villareal, Barcelona e Liverpool. Permanecendo por nove anos no clube Inglês.

Nesta temporada, Reina defende as cores do Napoli e em 18 jogos sofreu 13 gols, uma media de 0.72 gols por partida.

7- Benjamin Lecomte

Ocupando a sétima posição, o goleiro do Monpellier, Benjamin Lecomte. O goleiro de 26 anos participou de todos os jogos da Ligue 1 por seu clube. Em 19 jogos o arqueiro sofreu apenas 13 gols. Obtendo média de 0.68 gols sofridos por partida.

6- Thibaut Courtois

Outro goleiro que vem se mantendo em alto nível nos últimos anos é Courtois. O arqueiro do Chelsea [VIDEO] é sempre muito seguro e quando cobrado corresponde à altura. O jogador Belga é titular tanto nos Blues quanto em sua seleção. Na Premier League, o goleiro sofreu 14 gols em 21 jogos, obtendo média de 0.66 gols sofridos por partida.

5- Alisson

O brasileiro Alisson Becker aparece em quinto. O goleiro da Roma e titular da Seleção Brasileira o goleiro vem mostrando excelentes números com a camisa do clube italiano. Na Série A foram apenas 12 gols sofridos em 18 jogos. Com isso, Allison obtém 0.65 gols sofridos por partida.

4- Ederson

Ederson, que disputa vaga com Alisson na seleção brasileira, ocupa a quarta posição nesta lista. O goleiro que chegou contestado ao Manchester City mostrou a todos que o criticaram por seu alto valor que o futebol é jogado em campo. O brasileiro vem sendo peça-chave no esquema de Guardiola. Sua habilidade com os pés faz com que ele seja constantemente acionado por seus companheiros. Em 20 jogos na Premier League, o arqueiro sofreu 12 gols. Obtendo assim média de 0.60 gols sofridos por partida.

3- Nick Pope

Em terceiro lugar, o goleiro Nick Pope do Burnley. Clube que ocupa atualmente a sétima posição na Premier League. O arqueiro vem fazendo um bom trabalho na meta do clube. Em 17 partidas, sofreu apenas 10 gols, média de 0.58 gols sofridos por partida.

2- Jan Oblak

Após a volta de Courtois para o Chelsea, o esloveno Jan Oblak assumiu o gol do colchoneros e não saiu mais. O goleiro vem mostrando um excelente futebol e sempre figura entre os melhores nas premiações de goleiro. Oblak é sempre especulado em um ou outro clube mas nada que o tire do Atlético. Na Liga BBVA, o goleiro sofreu 8 gols em 17 jogos. Uma incrível media de 0.47 gols sofridos por jogo.

1 – Marc-André Ter Stegen

Ter Stegen é um dos melhores goleiros da atualidade e isso é inegável. O arqueiro do Barcelona [VIDEO] vem se tornando a cada jogo uma muralha à frente da meta do time catalão. O goleiro disputou todas as partidas do Barcelona na Liga BBVA até o momento e nesses 17 jogos sofreu apenas 7 gols. Uma media de 0.41 gols sofridos por partida e o titulo de goleiro menos vazado nesta primeira metade de temporada.