O #Palmeiras é, de longe, o clube que tem maior investimento das Américas. Isso já foi afirmado pela própria patrocinadora Leila Pereira, que é dona da Crefisa e FAM (Faculdade das Américas). Por esse motivo, o alviverde tem certa obrigação de ser protagonista em todas as competições que participa.

O que aconteceu neste ano é que o Palmeiras não conseguiu conquistar sequer um título, sendo que teve um investimento superior a R$ 100 milhões em contratações, porém, o clube ainda sonha em utilizar os mesmos #Reforços para uma boa temporada em 2018.

Em 2015 e 2016, o Verdão conseguiu conquistar a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro, respectivamente.

Entretanto, os reforços contratados para a temporada de 2017 não foram, em sua grande maioria, utilizados pelos treinadores, pois somente ao final do ano que o treinador Alberto Valentim começou a utilizar mais os investimentos.

Retorno

Utilizar os mesmos atletas deste ano será uma das estratégias da diretoria palmeirense neste ano, pois o Palmeiras ainda acredita em um bom desempenho do centroavante Miguel Borja, que conseguiu retomar o bom momento de sua carreira ao final da temporada passada. Por outro lado, o ataque deve ter algumas mudanças.

O ataque titular do Verdão neste ano teve diversas mudanças, tendo, ao final, Dudu, Keno e Miguel Borja como titulares, mas o atacante Willian "bigode" foi o maior artilheiro da equipe na temporada, mas acabou perdendo a posição para o colombiano.

O maior objetivo do clube é, no momento, reforçar a defesa do clube, pois diversas falhas do time foram por conta do setor defensivo. Mas a diretoria do clube não deve e não esquecerá de fazer mudanças na parte ofensiva, como é o caso do atacante Artur, que vai voltar ao Verdão de um empréstimo ao Londrina.

Deve ser titular

O atleta deve ser titular pelo status que volta para a equipe alviverde da capital, até porque o jogador volta do clube paranaense tendo sido um dos destaques da Série B [VIDEO], marcando oito gols e dando dez assistências. Contudo, a diretoria palmeirense acredita que o atleta retorne à Série A fazendo um bom futebol.

O jovem tem apenas 19 anos e é tratado como uma joia, foi emprestado ao Londrina exatamente para se adaptar ao futebol profissional e poder voltar ao Palmeiras para brilhar, por esse motivo que o clube alviverde não quis vender o atleta.

Já está confirmada a volta do atacante ao Palmeiras e a notícia animou a torcida [VIDEO].