As 32 seleções que disputarão a Copa do Mundo de 2018 [VIDEO] conheceram, nesta sexta-feira (1), quais serão os seus adversários no Mundial da Rússia, em cerimônia realizada em Moscou que contou com músicas e apresentação de grupo folclórico local.

A Seleção Brasileira esteve no pote 1 do sorteio, ao lado de Rússia, Alemanha, Portugal, Argentina, Polônia, Bélgica e França. A única definição antes do sorteio era de que os anfitriões serão cabeças de chave do grupo 1 do Mundial.

Na primeira rodada do sorteio, o Brasil foi sorteado no grupo E da Copa do Mundo e a partir daí já tinha a data definida: domingo, 17 de junho de 2018, às 15h (horário de Brasília), na cidade de Rostov.

O adversário foi sorteado logo em seguida e será a Suíça.

Na sequência, a seleção brasileira enfrenta a Costa Rica [VIDEO], na sexta-feira, 22 de junho, às 9h (horário de Brasília). Na rodada derradeira, o time comandado por Tite encara a seleção de seleção da Sérvia, na quarta-feira, 27 de junho, às 15h (horário de Brasília), em Moscou.

17 de junho – 15h – Brasil x Suíça

22 de junho – 9h – Brasil x Costa Rica

27 de junho – 15h – Brasil x Sérvia

Grupo difícil

A seleção brasileira é a única que participou de todas as edições da Copa do Mundo desde que o torneio começou a ser disputado, em 1930. Em todos estes anos o grupo mais difícil foi o da Copa de 1966.

O Brasil esteve no grupo 3, ao lado de Portugal, Hungria e Bulgária. O grupo era tão forte que a seleção bicampeã do mundo em 1958 e em 1962, acabou eliminada na primeira fase e deu adeus, naquele momento, ao sonho do tricampeonato mundial.

Grupo fácil

Em 2002, por outro lado, a seleção brasileira encarou um grupo fácil na primeira fase da campanha que culminou com o pentacampeonato. O grupo do Brasil na Copa da Coreia do Sul e do Japão contava com China, Costa Rica e Turquia.

A seleção brasileira fez uma campanha 100% na primeira, com goleadas por 4 a 0 sobre a China e 5 a 2 sobre a Costa Rica. A Turquia complicou na primeira rodada e a seleção brasileira voltou a enfrentar os turcos nas semifinais.

Brasil favorito

A seleção brasileira foi a segunda a garantir vaga na Copa de 2018, atrás somente da anfitriã Rússia. O Brasil passou por uma virada no ânimo e no futebol, após Tite assumir o comando técnico no lugar de Dunga.

Por conta do futebol que vem apresentando, a seleção voltou a ser apontada como uma das favoritas ao título do Mundial. Com Neymar, Gabriel Jesus e companhia, espera-se que o Brasil faça um Mundial melhor do que o de 2014.