O futebol inglês é caracterizado por ter um final de ano muito agitado, com equipes as vezes entrando em campo no intervalo de 48 horas ou menos. E o brasileiro #Gabriel Jesus pode ter sido uma vítima desse intenso calendário da Premier League, podendo até mesmo ser desfalque para a Seleção Brasileira na próxima Copa [VIDEO] do Mundo. O lance aconteceu na manhã deste domingo, no empate sem gols entre Crystal Palace e Manchester City, disputado em Londres. Aos 22 minutos de partida, em uma jogada com um defensor adversário, o jogador brasileiro abriu demais as pernas e sentiu dores próximo ao joelho esquerdo. Ele teve que ser substituído e saiu de campo chorando.

De acordo com informações passadas pelo correspondente da ESPN Brasil em Londres, João Castelo Branco, pessoas ligados ao City temiam uma lesão no ligamento cruzado do joelho, um lesão séria e de lenta recuperação. Ele sequer voltou ao banco de reservas para acompanhar a sequência do jogo.

Se confirmada, esta será a segunda lesão sofrida por Gabriel Jesus desde que chegou a City. Em fevereiro último, em confronto diante do Bournemouth, o ex-palmeirense faturou um osso do pé e teve que ficar dois meses afastado dos gramados.

Outro machucado

E o dia não foi nada feliz para os comandados do técnico Pep Guardiola. Não bastasse a contusão de Gabriel Jesus na primeira etapa, no segundo tempo foi a vez de De Bruyne se machucar de maneira séria. Já nos instantes finais do jogo, ele sofreu uma falta dura e saiu de campo de maca e com a perna imobilizada.

Ederson salva invencibilidade

Pela primeira vez na Premier League, o ataque do #Manchester City passou em branco, mas o prejuízo poderia ainda ser maior. Com o relógio batendo os 45 minutos do segundo tempo, Saha escapa na área, foi derrubado por Sterling, e o árbitro marca pênalti. Milivojevic se apresentou para a cobrança e o goleiro brasileiro defendeu com os pés, garantindo a sequencia invicta do líder da Premier League.

Esta foi apernas foi a segunda vez que o time de Guardiola saiu de campo sem vencer no campeonato. A equipe vinha de uma sequencia de 18 vitórias seguidas, sendo que a última vez que desperdiçou ponto foi na segunda rodada, em um polêmico empate contra o Everton.

Mesmo com o pequeno tropeço o City segue com folga na liderança, com 59 pontos, 14 a mãos que o agora vice-lider Chelsea, que tem 45. A equipe já volta a campo na próxima terça-feira, quando recebe o Watford . #PaixãoPorFutebol