Florentino Pérez não volta atrás. O presidente do Real Madrid está convencido de que tem todas as armas do seu lado, e ele não vai ceder para as pressões e ameaças de Cristiano Ronaldo. O internacional português exige um aumento salarial, para ficar no topo dos mais bem pagos, ao lado de Neymar e Messi. Para Cristiano [VIDEO], isso é até uma questão de status, após ele ter sido considerado, um ano mais, melhor que os dois rivais, ganhando os prêmios de melhor do mundo para a UEFA e para a FIFA.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Ronaldo exige mais

Há pouco tempo, Cristiano falava perante as câmeras, dizendo que não queria negociar seu contrato com o Real Madrid. Ele dizia que tinha um contrato até 2021 e que não iria renovar mais, dizendo que estava tudo bem.

No entanto, a renovação de Messi com o Barcelona, que o deixou ganhando quase o dobro de Cristiano foi a gota d'água para o português, que não está se sentindo bem recompensado pelo Real.

Ronaldo aguardou ainda por uma subida de seu rendimento para poder recomeçar as negociações. O jogador português não começou nada bem essa temporada, mas depois de ter ganho sua quinta Bola de Ouro e de ter sido decisivo no Mundial de Clubes, marcando dois gols decisivos na semifinal e na final, Ronaldo está se sentindo mais decisivo do que nunca. E ele está pressionando um pouco mais em vésperas do grande Clássico com o Barcelona (já no próximo sábado) também não teria acontecido por acaso. Ronaldo sabe, melhor que ninguém, qual é o melhor momento de atacar.

Pérez adverte: Ronaldo renovou há poucos meses

Para o presidente do Real Madrid, não existe qualquer razão para uma nova renovação salarial, até porque Ronaldo renovou há pouco tempo [VIDEO].

Ainda para mais, o atacante tem contrato com os merengues e o Real não contempla qualquer revisão intercalar. A ligação de Cristiano dura até 2021 e, por essa altura, o português terá 36 anos. Por isso, o Real não sente necessidade de prolongar muito mais esse contrato.

Florentino sente que tem uma posição de força em todo este processo e ele não pretende ceder. Para ele, é tudo muito claro. Se Ronaldo não estiver se sentindo confortável em Madrid, ele deve colocar um mínimo de 200 milhões de euros (778 milhões de reais) na mesa e partir. O problema é que parece que não existem propostas, nem de 200, nem de 100 milhões de euros por CR7.

Zidane do lado de Ronaldo

No entanto, Florentino sabe que está arriscando uma guerra com sua maior estrela, o que pode acabar prejudicando a tranquilidade no vestiário dos merengues. Uma realidade que preocupa o treinador Zidane que não quer ver seu jogador contrariado. "Zidane é a pessoa mais importante no caso Cristiano Ronaldo. Ele é a pessoa chave para convencer Florentino Pérez para renovar Cristiano Ronaldo e é a pessoa chave para convencer Cristiano Ronaldo a renovar com o Real Madrid", disse Manu Sainz, no programa de TV 'El Chiringuito'.