O #Palmeiras estreia no Campeonato Paulista de 2018 somente no próximo dia 17 de janeiro. Ou seja, o técnico Roger Machado tem mais de um mês para armar a equipe e ainda tem a dificuldade de lidar com as férias dos atletas.

No início do ano, o elenco se reapresenta com Diogo Barbosa, Lucas Lima e Emerson Santos, os três reforços já confirmados pela diretoria para a próxima temporada. Roger ainda não imagina qual será o time titular, mas já tem uma projeção baseada nos resultados desta temporada.

De contrato novo, o goleiro Fernando Prass deve ir para o banco de reservas. Jaílson deve assumir a titularidade pelo simples fato de não ter sido derrotado desde que chegou ao Palmeiras.

Os números do goleiro são impressionantes. Com ele em campo não existe revés.

A dúvida ainda fica por conta da zaga, ponto fraco de 2017. Juninho e Luan não tem permanência garantida. Yerry Mina não sabe se vai ficar até julho ou se viaja para a Espanha em janeiro. O atleta tem proposta alta e um acordo financeiro com o Barcelona. Por enquanto só Edu Dracena segue como intocável na posição.

Não vai renovar

O atacante [VIDEO] Luan chegou no Palmeiras em 2011. Foi Campeão da Copa do Brasil em 2012 e era um dos destaques do time na época. Em 2013 perdeu posição e foi emprestado para diversos clubes do Brasil e até dos Emirados Árabes.

Atual atacante do América Mineiro, o jogador deve ficar por lá e não voltará mais. A diretoria tinha opção de renovar [VIDEO] o contrato e emprestá-lo novamente, mas não é esse o desejo mais.

O clube não quer mais gastar dinheiro com jogador que não estará vestindo a camisa palmeirense. Portanto Luan deve conversar com os mineiros para acertar um novo contrato, porém sem qualquer vínculo com o Verdão.

Outros jogadores devem sair. Roger Guedes, por exemplo, aguarda proposta formal de fora do país para acertar. Por enquanto não teve nenhum contato.

Arouca realizou exames e já foi confirmado como novo reforço do Atlético Mineiro. Ainda com passe preso ao Palmeiras, o volante aceitou defender o Galo para tentar ter mais oportunidades e se ver livre da lesão grave que teve no tornozelo. O atleta teve que passar por duas reconstruções do membro.

O atacante Dudu recebeu proposta da China. Segundo a imprensa, o valor girou em torno de R$ 50 milhões. O Palmeiras negou a proposta e Maurício Galiotte garantiu que ele segue no Verdão. O Cruzeiro também quer contar com o jogador, mas a transação está descartada. #Futebol #Mercado da bola