O #Palmeiras fechou a contratação do seu quinto reforço para 2018. O lateral-direito Marcos Rocha, do Atlético Mineiro, é a possivelmente a última contratação do Verdão para as disputas dos campeonatos da próxima temporada.

O lateral Marcos Rocha, o meia Lucas Lima, o lateral Diogo Barbosa, o goleiro Weverton e o zagueiro Emerson Santos foram confirmados pelo clube. Ainda existem negócios em andamento e são mantidos sob sigilo pela diretoria.

O atacante Ricardo Goulart, que está no #Futebol chinês, já pediu sua liberação e aguarda autorização para deixar o país asiático. Assim que conseguir, deve voltar ao Brasil e conversar diretamente com o Palmeiras.

O Cruzeiro, seu ex-clube, tentou conversas com os chineses e entendeu que os valores envolvidos no negócio são fora da realidade financeira brasileira atualmente.

De saída

O lateral Fabiano deve ser negociado. A chegada de Marcos Rocha para a posição superlotou o setor e deve deixá-lo como quarta ou quinta opção. Mayke e João Pedro são opções, além de Jean e Tchê Tchê que podem atuar no setor.

O Palmeiras já tem algumas propostas e promete analisar no começo do ano. João Pedro também tem algumas propostas e pode ser negociado em breve.

Estreia

O Alviverde estreia dia 17 de janeiro no Campeonato Paulista contra o Santo André, no Allianz Parque [VIDEO]. Até lá, o técnico Roger Machado terá pouco tempo para montar o time, mas já tem em mente uma projeção. Os treinos irão definir quem de fato ganhará a posição.

O zagueiro Yerry Mina não tem mais nem a foto nos vestiários do Allianz Parque e da Academia de Futebol. O jogador foi negociado com o Barcelona e deve ir para a Espanha já em janeiro. O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, esteve no país tratando do assunto e conseguiu adiar, mas os espanhóis mudaram de ideia.

Sem Mina, os zagueiros Edu Dracena e Emerson Santos são os favoritos. Juninho e Luan correm por fora, apesar de receberem muitas críticas de torcedores palmeirenses pelo desempenho na temporada 2017.

Sem priorizar

A diretoria definiu que o Palmeiras não vai priorizar nenhum campeonato e que todos terão a mesma importância [VIDEO]. Roger Machado também foi informado para entrar com força máxima em todas as competições.

Em 2017, teve um clamor muito forte pela Libertadores e a eliminação para o Barcelona, do Equador, em casa trouxe uma séria decepção. A queda no torneio continental refletiu no desempenho do Campeonato Brasileiro e custou o título, com o Palmeiras ficando em segundo lugar. #Mercado da bola