Os amantes do Futebol se surpreenderam nessa sexta-feira com a notícia da suspensão de um ano de Guerrero, atacante que, por conta de doping, foi punido pela Fifa e não joga o mundial de clubes. O seu vínculo com o rubro-negro é válido até o mês de agosto, por isso ele não vestirá mais a camisa flamenguista.

Porém, como fica o Flamengo nessa história? O clube [VIDEO]tem um contrato gordo com o atacante peruano e pode ficar no prejuízo de milhões de reais por conta da punição. De acordo com o jornal O Globo, o Flamengo deve tentar uma rescisão contratual amigável com o atacante de 34 anos.

Além disso, o clube tentaria reaver o salário pago ao jogador [VIDEO]no último mês que ficou fora, já que a suspensão preventiva já dura desde o dia 3 de novembro.

Paollo Guerrero fez o teste e acabou dando positivo para o uso de benzoilecgonina, um metabólico encontrado na folha da coca. O jogador não está participando dos duelos importantes pelo rubro-negro nessa reta final de temporada. Por exemplo, na luta pela classificação para a Libertadores não estava presente, assim nos jogos da Copa Sul-Americana.

O Flamengo paga um salário de mais de 900 mil reais mensais para o jogador, por conta disso deve tentar a rescisão com o camisa 9. Já se fala em possíveis substitutos para o jogador, grandes nomes como Fred e Ricardo Oliveira são sondados nesse momento para reforçar o time de Reinaldo Rueda na próxima temporada.

Vale lembrar que o resultado foi na primeira instância, restando assim a possibilidade para o camisa 9 apelar e tentar disputar a Copa do Mundo pela a sua seleção.

Paollo Guerrero foi contratado em 2015 após se tornar ídolo no Corinthians. No futebol carioca agradou o torcedor, mostrando um bom futebol e com uma boa qualidade técnica, se transformou no jogador mais importante do Flamengo. Com a sua seleção conseguiu a classificação para a Copa do Mundo, deixando o Chile de fora.

O atacante sonhava em jogar uma Copa do Mundo, mas nunca conseguiu a classificação. Isso acabou mudando em 2017, quando com a ajuda de Cueva e Farfan, comandou a seleção peruana de futebol e conseguiu a maior oportunidade da sua vida.

A punição de Guerrero está rodando o mundo. Vários jornalistas estão criticando a postura da Fifa, pois parece ter dado uma punição muito severa para o peruano, prejudicando o jogador, a sua seleção e principalmente o Flamengo, que é o responsável por pagar os seus salários e ficará com o maior prejuízo técnico.