O Botafogo já sabe que dificilmente permanecerá com Bruno Silva para a disputa da próxima temporada. O jogador se destacou e acabou virando um xodó para o torcedor, mas agora está na mira do Cruzeiro e Internacional. O clube gaúcho sabe da sua qualidade técnica e está disposto a liberar algum jogador para o Botafogo.

O alvinegro teria interesse em Pottker, atacante do Internacional, mas o time de Odair Hellmann não pretende liberá-lo tão cedo.

Por conta disso, outro grande jogador da equipe do Rio Grande do Sul está na pauta alvinegra. De acordo com o jornalista Lucas Collar, da Pan Gaúcha, Valdívia pode jogar no Botafogo.

O jornalista publicou em seu Twitter o interesse botafoguense na troca por Bruno Silva. O grande problema para a concretização da negociação é o vínculo de Valdívia com o Atlético Mineiro, já que está emprestado até o fim do próximo campeonato mineiro.

Além de Valdívia, o Internacional daria uma compensação financeira ao alvinegro, para assim fechar a ida de Bruno Silva ao Futebol gaúcho para 2018.

Valdívia é atleta do Internacional desde 2013. Lá começou bem, mostrando um grande futebol, mas acabou se machucando e assim caiu de rendimento. Porém, tem apenas 23 anos e muita rodagem, podendo ser um bom negócio para o Botafogo em caso de uma venda futura.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Sport Club Internacional

Atuando no Atlético Mineiro, ele tenta voltar a jogar como nos velhos tempos e pode ser mais uma opção para Jair Ventura em 2018. O Cruzeiro também tem interesse em Bruno Silva, mas o Botafogo queria Arrascaeta em troca, porém, a equipe mineira também não facilitará, deixando o negócio em aberto.

Bruno Silva foi contratado após se destacar pela Chapecoense. Mostrou um grande futebol quando chegou no Glorioso por empréstimo.

No ano passado, foi o autor do gol em cima do Grêmio que levou o clube à Libertadores da América, depois disso, teve o contrato renovado, assinando por dois anos.

O seu vínculo tem mais um ano de duração. Apenas 40% da sua multa rescisória iria para os cofres botafoguenses. Além disso, em caso de permanência, no mês de junho, pode assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe e assim deixar o Botafogo de graça.

Pensando em 2018, a diretoria quer mudanças e assim deixar um grupo mais equilibrado para Jair Ventura. Após se destacar no início do ano, o clube sofreu nos últimos jogos do Brasileirão, principalmente com as poucas opções que o técnico tinha em mãos. Por consequência não foi para a Libertadores.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo