O Palmeiras planeja o ano de 2018 com todo cuidado. Já confirmados, Lucas Lima, Emerson Santos e Diogo Barbosa iniciam a pré-temporada com o elenco em janeiro visando a disputa dos campeonatos do ano. O Campeonato Paulista, por exemplo, será disputado com bastante seriedade pelo clube e foi um pedido do presidente Maurício Galiotte. Em reunião com Alexandre Mattos, executivo de Futebol, ficou definido que a disputa do Estadual será importante e que nenhum torneio será priorizado.

Publicidade
Publicidade

A Crefisa, patrocinadora do clube, pressiona indiretamente por novas taças. Com investimentos passando dos R$ 100 milhões, a empresa deseja ver o Palmeiras 'linkado' com glórias e títulos, comemorando e mostrando a marca da empresa na televisão. A venda de camisas também aumenta, melhorando ainda mais a exposição da marca parceira.

Até a chegada do último reforço, a Crefisa não investiu dinheiro ainda para a próxima temporada.

Publicidade

Mas foi solicitada para ajudar com um nome: o zagueiro Pablo, ex-Corinthians.

O jogador rescindiu com o Alvinegro e ficou sem clube para jogar. Com várias propostas na mão, Pablo decidiu que vai defender o Verdão na próxima temporada. Quem garantiu a proximidade do acerto foi o empresário do atleta neste sábado. Fernando César garantiu que o negócio está muito próximo de ser concretizado. O Atlético Mineiro também fez proposta, mas os números do Palmeiras foram mais interessantes.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

A chegada de Pablo deixa a diretoria mais tranquila com a possibilidade de Yerry Mina viajar e assinar em definitivo com o Barcelona. O time espanhol não se decide se vai levar o zagueiro em janeiro ou em julho. A ideia é ter um grande substituto para o colombiano e não deixar Roger Machado sofrer com o setor defensivo.

Mais reforços

Outro jogador que se aproximou bastante do Palmeiras nos últimos dias é Gustavo Scarpa, do Fluminense.

O time carioca, em situação financeira ruim, quer alguns atletas para compor o elenco. Em troca topa ceder o meio-campista. Scarpa foi muito cobrado pela torcida e não gostou. Por vezes marcou gols e não comemorou em sinal de protesto. O clima entre ele e os torcedores não é nada bom nas Laranjeiras, corroborando ainda mais com a ideia de mudar de ares.

Erik, Roger Guedes e Hyoran podem ser envolvidos na troca.

Publicidade

Eles serão ouvidos na próxima semana se realmente desejam vestir a camisa do tricolor e mudar para o Rio de Janeiro. Se sinalizarem positivamente, o Palmeiras bate o martelo e não coloca dinheiro.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo