O #Corinthians contratou o atacante Lucca após se destacar no Criciúma, chegando com uma alta expectativa. Antes veio por empréstimo, onde mostrou um grande futebol, mas após a sua efetivação como jogador do Timão acabou perdendo espaço, sem jogador bem virou apenas mais uma opção no banco de reservas.

Na temporada 2017 foi emprestado [VIDEO]a Ponte Preta, onde fez um bom Campeonato Paulista e também um grande primeiro turno, mas assim como todo elenco da Ponte, caiu de rendimento e acabou sendo rebaixado. A diretoria do Corinthians não vê prioridade na sua permanência, por isso pretende fazer trocas.

O seu nome foi envolvido em uma possível [VIDEO]negociação com o São Paulo pelo Junior Taváres, lateral da equipe comandada por Dorival Junior.

Mas após críticas da mãe do atleta ao jogador o negócio esfriou. Porém, Lucca pode ter um novo destino em 2018 e assim o Corinthians ganhar um novo jogador como opção para a Libertadores.

De acordo com Felipe Facincani, jornalista do Fox Sports, o atacante corinthiano pode jogar no #Atlético Mineiro em uma negociação envolvendo Cazáres, equatoriano que se destacou pela equipe de Minas Gerais. O jornalista disse que o jogador equatoriano não está tendo uma boa relação com a diretoria do clube mineiro e também com o elenco do Atlético.

A possibilidade de uma troca em definitivo, assim os dois clubes não iriam por empréstimo, mas sim definitivamente para os seus possíveis clubes. Além disso, podem ser emprestados e ter um valor de compra estipulado, com números viáveis para ambas as equipes.

Cazares está no seu segundo ano no futebol brasileiro e nessa temporada atuou 60 vezes, marcando 9 gols. O time de Minas Gerais pode jogar a Libertadores e assim quer remontar o seu elenco, com a saída de jogadores que não estão rendendo mais como antes.

O Corinthians também estaria de olho em Otero, jogador que mostrou um grande futebol na temporada pela equipe mineira, mas o negócio deve envolver altos valores, estando assim inviável para a equipe do Parque São Jorge.

Alguns outros jogadores estão sendo sondados, mas a tendência é o Timão não fazer grandes investimentos, principalmente em jogadores com mais mídia. O clube paulista vem tendo uma política de contratar atletas com menos expressão, assim eles podem crescer sobe o comando de Fábio Carille e assim dar um grande retorno tecnicamente e também financeiro com uma possível venda futura para outra equipe. #Paulistão