A Fifa (Federação Internacional de Futebol) definiu, nesta sexta-feira (8), a punição de Paolo Guerrero, jogador do Flamengo [VIDEO] e da seleção do Peru. O Jogador foi pego no exame antidoping feito na partida entre Peru e Argentina, disputada na Argentina, em outubro.

Foi encontrado no exame de urina do jogador traços de cocaína, o que complicou a situação do atacante peruano. Os advogados de guerreiro usaram para a defesa o argumento de que o jogador havia feito uso não da droga ilícita cocaína, mas, sim, do chá da folha de coca, comum em muitos países da América Latina, como Peru, Bolívia e Colômbia.

Porém, este argumento não foi suficiente para livrar o jogador de uma pesada punição.

Guerrero foi punido com um ano de suspensão dos gramados e com isso não disputará a final da Sul-Americana pelo Flamengo, que perdeu o primeiro jogo por 2 a 1, na Argentina, para o Independiente, e também ficará fora da Copa do Mundo da Rússia.

A não disputa [VIDEO] de uma final de Sul-Americana não afetará tanto o jogador, pois ele já disputou campeonatos de mesmo porte, como Libertadores e Mundial de Clubes. Em ambos foi campeão com a camisa do Corinthians. O que deve realmente afetar Paolo Guerrero é ficar de fora da Copa do Mundo, pois o Peru não participa da competição desde a Copa na Espanha em 1982.

Os brasileiros que a assistiram têm pesadelos com Paulo Rossi até hoje. Enfim, o jogador ficará fora de um marco na historia de sua seleção. A perda é para ambos, pois Guerreiro é o principal artilheiro do Peru, com seis gols marcados.

Um ponto que pode ser visto como positivo é o fato de que o jogador não pegou a pena máxima, que seria de quatro anos. Caso assim fosse, Guerrero, que já tem 33 anos, correria risco de não voltar a jogar em grandes clubes ou em alto nível.

Até o momento, nem o jogador nem a sua seleção ou o Flamengo se pronunciaram. A pena começou a ser comprida no dia 3 de novembro. Logo, o jogador estará liberado para voltar aos gramados na temporada de 2019 do futebol brasileiro ou em outro clube sul-americano, pois não se sabe ao certo como ficará a situação do jogador no Flamengo. Seu salário condiz com sua função, mas não podendo exercê-la, ficará difícil o clube rubro-negro mantê-lo.

José Paolo Guerrero tem 33 anos e já passou por clubes como Bayern de Munique e Hamburgo, na Alemanha, além de Corinthians e Flamengo, no Brasil. O jogador tem 345 aparições em jogos oficiais e marcou 124 gols. Desses, o mais importante da carreira foi o gol marcado contra o Chelsea na final do Mundial de Clubes em 2012. Pode não ser para o jogador, mas para a torcida do Timão este foi o maior feito da carreira do atleta.