O técnico Reinaldo Rueda está cada vez mais perto da Seleção do Chile – alguns veículos de notícias daquele país já dão a contratação como certa. Com o sinal de alerta ligado para o perigo de perder o badalado treinador, a diretoria do Flamengo [VIDEO] já começa a analisar o mercado em nome de um possível substituto e um dos nomes na pauta rubro-negra é outro estrangeiro.

De acordo com notícia publicada pela ESPN Brasil, o argentino Ariel Holan, que levou o Independiente ao título da Copa Sul-Americana em cima do próprio #Flamengo de Rueda, é um dos nomes que está sendo cotado para assumir o comando. Logo após o título continental, ele pediu demissão do clube em razão de ameaças feitas por torcedores do seu agora ex-clube.

Além do treinador, dois jogadores do “Rei de Copas” interessam ao clube carioca: o atacante Emmanuel Gigliotti e o lateral esquerdo Nicolas Tagliafico.

Quem também pode ser procurado, e até mesmo está sendo tratado como prioridade, é um velho conhecido. Livre no mercado após se desligar do Palmeiras nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro, Cuca é outro que poderia assumir o comando do clube.

Com contrato com o rubro-negro até o final do ano que vem, a multa rescisória estipulada para a saída de Rueda do Flamengo é de 2 milhões e meio de reais, valor que a Federação do Chile pagaria sem maiores problemas.

TV crava acerto de Seleção com treinador

Se depender da notícia veiculada pelo canal chileno 24 Horas, o Flamengo terá mesmo que passar a mão no telefone e conversar com os agentes de Holan ou Cuca.

De acordo com o veículo, Reinaldo Rueda já tem um acordo para assumir o atual campeão da Copa América, mas que ficou fora da próxima Copa do Mundo, na Rússia.

Caso realmente acerte, esta será a quarta seleção que Rueda irá dirigir na carreira. Antes, já havia comandado a própria seleção de seu país, além de Honduras e Equador. Porém foi dirigindo um clube colombiano em que ele teve maior sucesso, sendo campeão da Copa Libertadores e finalista da Sul-Americana de 2016. Não só pelos títulos, o belo futebol apresentado pelo time chamou a atenção de todos.

No pouco tempo que ficou no Flamengo, o treinador também conseguiu fazer um notório trabalho. Nitidamente deixando de lado a disputa do Campeonato Brasileiro para priorizar competições eliminatórias, ele conseguiu levar o time às decisões da Copa do Brasil, perdida nos pênaltis para o Cruzeiro, e também da Copa Sul-Americana, além de classificar o rubro-negro para fase de grupos da Libertadores. #PaixãoPorFutebol #Mercado da bola