Apesar de ter conquistado uma vaga na fase de grupos da próxima Copa Libertadores da América e de ter chegado a duas finais de importantes competições, o Flamengo não teve um ano dos melhores, [VIDEO] mesmo assim, no penúltimo dia do ano decidiu fazer uma provocação aos seus rivais cariocas, porém a brincadeira não foi muito bem aceita pelos próprios torcedores e a postagem foi apagada [VIDEO], porém não sem antes ter virado meme.

Buscando faturar um dinheiro extra, o departamento de marketing do clube postou na conta oficial no Twitter uma camiseta cinza onde se lia a mensagem “Time grande não cai”, em alusão a ser o único time dentre os quatro do Rio de Janeiro a não ter caído para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, diferente de #Fluminense, Botafogo e Vasco.

O grande problema, no entanto, não foi a frase provocativa da camiseta e sim a legenda que acompanhou a foto: “Mais um ano se passou e nada mudou!”. Isso foi o estopim para a revolta dos torcedores, que na temporada de 2017 tiveram apenas que se contentar com o título do campeonato estadual e muitas frustrações, como a eliminação ainda na fase de grupos da Copa Libertadores, as derrotas nas finais da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana, contra Cruzeiro e Independiente, além da eliminação na Primeira Liga para o Paraná Clube e a campanha bem abaixo do esperado no Campeonato Brasileiro, onde em momento algum chegou a brigar com o Corinthians pelo título.

A imagem postada também rendeu várias montagens, em uma delas a frase ficou assim: “Time grande não cai... só para um lado nas cobranças de pênaltis”, em referência ao goleiro Alex Muralha ter pulado para o mesmo lado em todas as cobranças de pênaltis contra o Paraná Clube, e não pegado nenhum, nas quartas de final da Primeira Liga.

Em outra montagem, a frase usada na postagem foi colocada na camiseta e teve um acréscimo: “Mais um ano se passou e não ganhamos nenhum título importante”, em clara alusão a já citada falta de títulos de expressão do #Flamengo na temporada.

Não é a primeira vez

Esta não é a primeira vez neste ano que a provocação a rivais causou indignação aos torcedores do Flamengo. Em fevereiro, após uma gafe cometida na cerimônia de entrega do Oscar, o vice-presidente de Comunicação do Flamengo, Antonio Tabet, decidiu cutucar um dos rivais.“Deram o Oscar de melhor filme para a miss Colômbia, mas o advogado do Fluminense rasgou o envelope da Casa Verde”, postou em uma rede social.

Não apenas os próprios torcedores rubro-negros se mostraram incomodados, como o advogado Mário Bittencourt, que defendeu a Tricolor no caso que culminou no rebaixamento da Portuguesa, também acabou respondendo a provocação e lembrando que se não fosse pelo erro da Lusa, o Flamengo que teria sido rebaixado por conta da escalação irregular de André Santos. #PaixãoPorFutebol