Zé Ricardo chegou no Vasco com bastante desconfiança, isso porque tinha acabado de ser demitido do rival Flamengo. E a integração que parecia ser difícil, foi bem rápida. Com vitórias e padrão de jogo, o treinador ganhou o coração dos vascaínos, e hoje já se sente identificado com o Cruzmaltino. Essa fácil adaptação de Zé Ricardo no clube [VIDEO], se deu também pela forma como os jogadores o receberam em São Januário, desde o começo elogiavam a forma dele comandar a equipe.

Ele substituiu Milton Mendes, que começou até bem, mas acabou perdendo o vestiário, e a consequência foi clara: a queda de produção do time. Saiu deixando o Gigante da Colina perto da zona de rebaixamento.

Seu sucessor veio, e acertou as arestas, levando o Vasco para o grande objetivo do ano: classificar para a Libertadores.

Antes da partida que garantiu a vaga do Cruzmaltino para a competição mais importante da América [VIDEO], a comissão técnica resolveu fazer uma coisa diferente para os seus comandados.

''Passamos um vídeo simples resumindo a história do Vasco da Gama. Até os que são nascidos e criados no clube não tem essa noção, o Vasco sempre foi o precursor nas ações pela democracia, igualdade racial. Aqui neste estádio, que tem muita tradição, foi promulgado as leis trabalhistas por Getúlio Vargas, as próprias leis que querem tirar dos trabalhadores, mas isso é papo para outra hora. Tenho certeza, que quando acabou a reunião, começamos a criar essa classificação para a Libertadores, através da consciência do tamanho do Vasco.

Conseguimos exibir uma pequena parte da história do Vasco, tenho certeza que tem coisa melhor pela frente'', disse Zé Ricardo, logo após a partida, diante da Ponte Preta.

Treinador também cativou os jornalistas

Um fato curioso, que também aconteceu nesta última coletiva do ano foi uma demonstração de aprovação dos jornalistas presentes: o comandante saiu aplaudido da entrevista. E segundo o jornalista Lucas Pedrosa, do Esporte Interativo, não foi pelo trabalho exercido, mas sim pela humildade e caráter do técnico.

Permanência garantida para 2018

Independente do que aconteça na política do Vasco, a permanência dele é certa para 2018. Dois candidatos ainda brigam judicialmente para ver quem será o presidente no próximo triênio. Eurico Miranda, candidato da situação, já confirmou a vontade de manter o técnico. Assim mesmo como a oposição, liderada por Júlio Brant, já falou da admiração que tem por ele.