O Flamengo saiu na frente com Lucas Paquetá, mas o independiente sofreu pênalti convertido por Barco, que igualou a partida. Como tinham vencido a primeira partida por 2 x 1, o empate assegurou o título para a equipe argentina.

Havia uma ansiedade muito grande por parte da torcida do Flamengo fechar o ano com um título internacional como a Copa Sul-Americana, mas não foi desta vez que a equipe conquistou seu primeiro título internacional dentro de casa.

O Flamengo precisava de uma vitória e conseguiu sair na frente, [VIDEO] mas ainda no primeiro tempo viu o Independiente mostrar porque é chamado de o "Rei de Copas". Eles lutaram pelo empate ainda na primeira etapa da partida.

Conseguiram segurar o ímpeto do adversário e sustentaram o placar para conquistarem o torneio pela segunda vez na história. Eles somam agora 17 títulos internacional.

O estádio estava lotado, a torcida apoiou a equipe até o final dos 90 minutos, mas o Flamengo não conseguiu reverter o resultado imposto pelo Independiente.

Resultado

A primeira partida foi vencida pelo Independiente por 2 a 1 na ida, [VIDEO] na última quarta-feira, e a equipe rubro-negra necessitava de uma vitória por dois gols de diferença para conseguir o título da competição e não decidir nas penalidades. Na fase final não existe a vantagem do gol fora de casa. No placar agregado a equipe da Argentina venceu por 3 a 2, e deixa o Rio de Janeiro como campeão.

O time do Independiente é a equipe que mais conquistou títulos da Copa Libertadores da América, com sete conquistas.

É a segunda conquista da Copa Sul-Americana, a primeira vez foi em 2010. Por parte do Flamengo continua o tabu, o clube está desde 1999 sem conquistar um título internacional.

Quem esteve no estádio presenciou um lindo espetáculo da torcida do Flamengo. Demonstraram amor e muita emoção pelo time. Estiveram presentes mais de 60 mil torcedores.

O jogo

Os 25 primeiro minutos da partida foram bem intensos, tanto o Flamengo como o Independiente [VIDEO] tiveram grandes oportunidade de abrir o placar, principalmente a equipe rubro-negra. Everton conseguiu perder um gol cara a cara com o goleiro Campaña, ele sozinho chutou em cima do goleiro desperdiçando a oportunidade.

Aos 29 minutos o Flamengo abriu o placar. Em cobrança de falta, Réver tocou a bola na pequena área sobrando para Lucas Paquetá, que conseguiu fazer o gol. Porém, Ezequiel Barco, aos 39 do primeiro tempo, conseguiu empatar cobrando um pênalti com categoria.