A morte de um jovem sempre causa grande impacto em todo mundo. Quando a morte é causada por um Tumor no cérebro, a comoção é ainda maior. O jogador Renan Martins Pereira [VIDEO], de apenas 20 anos, faleceu nesta quinta-feira (21), em decorrência de complicações causadas por um tumor que foi diagnosticado em 2016.

Renanzinho, como era conhecido, jogava como volante no Avaí, tradicional equipe de Santa Catarina, que neste ano disputou a primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

O volante chegou ao clube catarinense em 2013, quando tinha 17 anos. Em 2015, se destacou na tradicional Copa São Paulo. Dois meses depois de disputar a competição, chegou ao time principal.

No início de 2016, o jogador foi diagnosticado com um tumor no cérebro.

Ele passou por uma cirurgia, que retirou parte do tumor. Durante o tratamento, o Avaí teve uma grande atitude com o jogador e deu a família dele R$ 200 mil para comprar uma casa própria. [VIDEO]

Comoção nas redes sociais

O perfil oficial do Avaí no Facebook publicou um texto em homenagem ao jogador e diversos torcedores comentaram a postagem. “Sempre que morre alguém é muito triste! A saudade, a impressão de que poderíamos ter feito mais, coexistido mais. Mas ele já cumpriu o que precisava, contribuiu com sua parcela e deu seu exemplo”, afirmou uma torcedora.

“Poxa, que triste notícia! Desejo todo o consolo de Deus sobre a vida de cada parente e amigos! Fica a lembrança deste jovem que foi um quarteirão, lutou até quanto pôde, mas sabemos que sua vida, assim como a nossa também, está nas mãos de Deus! Que sabe todas as coisas, vá em paz”, comentou outro internauta.

“Descansa em paz, querido, hoje o céu está mais iluminado, ganhou mais uma estrela, que Deus conforte toda família nessa hora tão difícil”, publicou mais uma torcedora da equipe catarinense.

“Moleque era bom. Tinha futuro, mas Deus sabe o que faz. Que ele descanse em paz! Nesses momentos não tem rivalidade, nem inimigos. Somos humanos! Que Deus conforte a família e os amigos”, comentou outro internauta, provavelmente, torcedor de um time rival do Avaí.

“Grande jogador cheio de futuro. Mas Deus quis assim. Vá em paz e olhe lá de cima pelo nosso eterno Avaí”, comentou um torcedor. “Obrigado pela raça e garra demonstradas em campo, que Deus te receba e conforte a família”, comentou mais um internauta. A postagem já teve mais de mil compartilhamentos e 5,3 mil curtidas, além de centenas de comentários.