Parece que a diretoria do Flamengo terá que tocar em outras bandas se quiser um novo atacante para substituir o suspenso Paolo Guerrero na próxima temporada. No início desta semana circulou a informação, primeiramente veiculada pela Rádio Itatiaia, de Belo Horizonte, de que o Rubro-Negro havia sondado a contratação do atacante Fred, atualmente no Atlético Mineiro, mas que fez carreira e história com a camisa do Fluminense, chegando até a disputar a última Copa do Mundo.

Publicidade
Publicidade

Isso tudo o coloca na condição de um dos maiores ídolos do clube, mesmo não estando mais por lá. E ele retribuiu todo esse carinho recusando de imediato a proposta vinda da Gávea e ainda dizendo que no Rio de Janeiro só defende um clube: o Fluminense.

Apesar da disposição do jogador em vestir uma única camisa no estado, seu retorno, dada a atual condição financeira do clube, está totalmente descartado.

Publicidade

Sem contar com recursos para fazer grandes contratações, o Fluminense ainda deve perder peças importantes de seu elenco, como Wendel, que está sendo negociado com o Paris Saint-Germain, Gustavo Scarpa, que deve ir jogar no Futebol paulista, além de Henrique Dourado, que pode estar trocando de Tricolor e indo reforçar ataque do Grêmio.

Artilheiro do Atlético Mineiro na temporada, Fred tem que cumprir ainda mais um ano de contrato com o clube.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

Ele chegou ao Galo na metade do ano passado, e desde então jogou 83 partidas e fez 42 gols, média de um gol a cada dois jogos.

A história de Fred no Fluminense começou em maio de 2009, quando descontente no Lyon da França, o jogador acertou sua transferência para o Tricolor. Logo em sua estreia, marcou dois gols na vitória por 3 a 1 frente o Macaé pelo Campeonato Carioca. Em 2010, mesmo ficando boa parte da competição afastado devido a lesões, foi um dos principais nomes na conquista do Brasileirão daquele ano.

Ele voltaria a ser campeão brasileiro dois anos mais tarde.

Com a camisa do time das Laranjeiras, ele disputou 288 partidas e marcou 173 gols. Uma de suas partidas mais memoráveis pelo clube aconteceu em 16 de novembro de 2011, quando marcou nada menos que quatro gols em cima do Grêmio, ajudando o time a vencer o Tricolor Gaúcho por 5 a 4. Sua passagem pelo clube se encerrou de uma maneira que ele não merecia, dando-se após desentendimentos com o então técnico Levir Culpi.

Publicidade

No entanto, apesar de não ter havido uma despedida oficial, nenhum entrevero com treinador ou outro jogador do elenco aparará o que ele fez pelo clube.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo