O Grêmio, que representava o Brasil em mais uma final do Campeonato Mundial Interclubes [VIDEO]da FIFA, perdeu diante do poderoso Real Madrid e não conseguiu o título de Campeão Mundial, que foi mais uma vez para as mãos dos espanhóis.

No dia 16 de dezembro de 2017, aconteceu mais uma final do Campeonato Mundial Interclubes da FIFA, que foi disputado em Abudabi, na Arábia Saudita. Jogavam dois clubes; um que representava o Brasil e América que era o Grêmio (Porto Alegre– RS) e outro que representava a Espanha e a Europa que era o Real Madrid (Madrid – Espanha).

O Grêmio fez um campeonato nacional mediano, onde alternava muito os seus resultados, em partidas uma grande vitória, em outras derrotas de virada e até empates sofridos no final do campeonato.

Já na Libertadores (competição que envolve países da América do Sul), o Grêmio fez uma excelente campanha, chegando à final diante do Lanus da Argentina. No primeiro jogo, o Grêmio venceu por 1 x 0 na sua arena, já no segundo jogo, o Grêmio ganhou por 2 x 1 na Argentina, se tornando assim o Campeão da Libertadores da América.

Já o clube espanhol, o Real Madrid, teve seu caminho até a final do Mundial um pouco mais fácil. O Real teve jogos em que ganhou com uma razoável tranquilidade e na final aplicou uma memorável goleada diante da Juventus (4x1).

Na final do Mundial, as duas equipes chegavam bastante fortalecidas, devido aos resultados conquistados em suas competições e pelos resultados obtidos nas semifinais, onde o Grêmio ganhou por 1 x 0 o Pachuca [VIDEO](México) e o Real ganhou de virada 2x1 do Al-Jazira com um gol de Cristiano Ronaldo e um de Gareth Bale.

Os melhores vídeos do dia

O jogo começou com ataque total do Real, mas com o Grêmio conseguindo segurar todas as bolas, com destaque para os zagueiros Pedro Geromel e Kanneman. O craque gremista Luan jogou muito mal durante toda a primeira etapa e a única chance clara de gol do Grêmio foi em uma cobrança de falta do lateral Edilson, em que a bola chegou a tocar na rede na parte de cima. Na segunda etapa, o Real conseguiu se desvencilhar da marcação e saiu para o jogo e fez o gol, em uma cobrança de falta do craque Cristiano Ronaldo, que contou com uma falha da barreira (a barreira abriu). Os espanhóis conseguiram segurar o resultado até o final da partida. O placar foi pequeno, mas suficiente para dar o título aos espanhóis.

Com o título, o Real se torna o maior campeão do Mundo e Cristiano Ronaldo mais uma vez é o maior protagonista desse feito, também com o título o clube espanhol chega a seu 5º título Mundial Interclubes.