Se, na véspera, o torcedor recebeu, como presentes, os acertos do lateral-direito Gilberto e do volante Jádson, o Natal não reservou boas notícias para o Fluminense. Duas de suas principais peças deram mais um importante passo para, no ano que vem, estarem fora das Laranjeiras.

O primeiro deles é Wendel. O jovem volante, revelado nas categorias de base da equipe tricolor, depois de estar praticamente certo que seguiria para o Paris Saint-Germain, da França e, em seguida, emprestado ao Porto, de Portugal, recebeu uma oferta do Fenerbahçe e pode acertar com o clube turco. O atleta tem vínculo até o final de 2020 e uma futura negociação poderia render cerca de R$ 35 milhões ao Fluminense.

O outro próximo de deixar a agremiação carioca é Wellington Silva [VIDEO]. O atacante de 24 anos, também formado no Fluminense, já tem encaminhado as bases salarias com o Internacional e está perto de ser emprestado com preço dos direitos federativos fixados. Como a futura vinda de Eduardo Sasha, que viria em troca, não deve mais acontecer, o Tricolor ainda avaliará a situação e não está descartada a possibilidade de o Colorado oferecer outros atletas.

Após o fraco desempenho na última temporada, onde o melhor resultado foi o vice do Campeonato Carioca, o Fluminense, por intermédio de sua diretoria e da comissão técnica, viu a necessidade de aumentar o leque de opções no elenco. Como atravessa uma enorme dificuldade financeira, o Tricolor busca reforçar o grupo através da troca com outras equipes do Futebol brasileiro.

Considerada a principal do time dirigido por Abel Braga, o meia Gustavo Scarpa, a partir desse momento, tornou-se o principal alvo no mercado. Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Santos, Cruzeiro e Grêmio já demonstraram interesse no apoiador, mas, até o momento, não houve acordo e o jogador, que tem contrato por mais três anos, segue nas Laranjeiras.

O planejamento da cúpula responsável pela gestão do futebol profissional do Fluminense [VIDEO] é definir todas as pendências antes da reapresentação dos jogadores, que está marcada para o próximo dia 03 de janeiro, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca. No dia seguinte, o grupo viaja para a pré-temporada nos Estados Unidos. Em solo norte-americano, o clube também disputará a Florida Cup, enfrentando o PSV Eindhoven, da Holanda (dia 12) e o Barcelona de Guayaquil, do Equador (dia 15). O primeiro desafio oficial acontece no dia 17 de janeiro. Pela abertura do Campeonato Carioca, o Flu encara, no estádio Elcyr Resende, em Bacaxá, arredores de Saquarema, o Boavista.