O Palmeiras [VIDEO] está mais do que ativo nesta janela de transferências, que promete ser muito quente ainda no mês de janeiro, pois em dezembro foram anunciadas somente três contratações feitas pelo alviverde da capital, porém diversos interesses começam a surgir e grandes investimentos prometem ser feitos pelas patrocinadoras Crefisa e FAM (Faculdade das Américas), ambas patrocinadoras do clube.

O ataque do clube ainda não foi acertado, pois o Verdão vem, há muito tempo, tentando contratar reforços de peso para a o setor ofensivo, mas em nenhuma das temporadas teve um ataque incontestável e invencível, como é o desejo do clube para a próxima temporada.

Por esse motivo não devem ser contratados atacantes somente para serem titulares, mas também reservas de luxo.

O São Paulo viveu um péssimo momento neste ano, tendo que lutar para não ser rebaixado neste Campeonato Brasileiro. Por isso, algumas mudanças devem ser feitas para o elenco do ano que vem. Sendo o único grande de SP que não está na Libertadores, o objetivo do Tricolor é conquistar o Brasileirão.

Negociação avançada

Palmeiras e São Paulo sempre tiveram um bom relacionamento no aspecto de troca de reforços nos intervalos de temporada. Assim, o clube alviverde pode ceder alguns atletas para que o Tricolor reformule seu elenco. No entanto, o Verdão não será generoso e pedirá um dos atletas mais importantes do clube atualmente.

O colombiano Miguel Borja é centroavante é só conseguiu desencadear uma boa temporada ao final deste ano, assim, reconquistando a titularidade absoluta com o treinador interino Alberto Valentim, mas como o jogador teve um ano irregular em vista do que era esperado, o Palmeiras irá contratar um substituto para o caso do mesmo não evoluir o tanto que a diretoria está apostando.

A diretoria do Palmeiras [VIDEO] aposta no desenvolvimento e uma boa campanha do atacante em 2018, mas como o clube quer ter um elenco de peso, para assim ter reservas de luxo em caso de desfalques. A diretoria palmeirense encaminha a contratação do centroavante argentino Lucas Pratto, que pertence 50% ao rival, São Paulo, no momento, e deve ser vendido ao Palmeiras.

Já havia algumas especulações sobre um possível desejo do Palmeiras no jogador desde o final da temporada passada, mas agora o dirigente tricolor deixou escapar que venderá o atleta já na janela de janeiro, ou seja, semana que vem.

O River Plate também pode ser o destino do atleta.