Alheios às especulações, o Fluminense segue o seu planejamento para a próxima temporada. Nesta quarta, a diretoria definiu o orçamento do Futebol profissional no ano que vem. Em entrevista concedida ao Globoesporte, o CEO Marcus Vinícius Freire [VIDEO] garantiu que a agremiação das Laranjeiras terá um time competitivo sem extrapolar o teto estabelecido. Segundo ele, o primordial é evitar os atrasos salariais, problema muito recorrente na última temporada

"O Fluminense terá um time competitivo em 2018, mas que caiba dentro do seu orçamento. Não queremos repetir os erros de 2015 e 2016. É uma mudança pontual que visa reduzir a folha salarial", comentou o dirigente.

Para o Flu conseguir a sua meta, alguns jogadores serão negociados ou cedidos por empréstimos. Um deles é o atacante Wellington Silva, perto de firmar um vínculo de um ano com o Internacional. detalhes burocráticos separam a ida do jogador para Porto Alegre.

Quem também pode sair é Gustavo Scarpa. Depois de negociações fracassadas com Corinthians, Palmeiras e São Paulo, o meia tem, por intermédio da OTP Sports, empresa que agencia a sua carreira, uma proposta da França. O nome do clube não foi revelado.

Enquanto uns deixam, outros estão perto de desembarcar na sede de Álvaro Chaves. Em fase final dos exames médicos, o volante Jádson, (ex-Botafogo, Ponte Preta e Udinese-ITA) e o lateral-direito Gilberto, que estava no Vasco, serão apresentados nos próximos dias. O também volante Patrick, recém-saído do Sport, é uma outra possibilidades de reforço, assim como um lateral-esquerdo, um meia, um zagueiro e um atacante de velocidade.

A reapresentação do elenco acontece na quarta, 03 de janeiro, pela manhã, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca. Seis dias depois, o grupo embarca para os Estados Unidos, visando o restante da pré-temporada e a disputa da Florida Cup, enfrentando, no dia 12, o PSV Eindhoven, da Holanda e, no dia 15, o Barcelona de Guayaquil, do Equador. No dia 17 de janeiro, o Fluminense inicia a sua participação no Campeonato Carioca no estádio Elcyr Resende, em Bacaxá, distrito de Saquarema, diante do Boavista.

Além da busca pelo seu 32º título de Estadual do Rio, o Fluminense [VIDEO], em 2018, também estará presente na Copa do Brasil, na Copa da Primeira Liga, ambas querendo a segunda conquista, na Copa Sul-Americana, torneio o qual nunca levantou uma taça e o Campeonato Brasileiro, certame do qual se sagrou campeão em 1970, 1984, 2010 e 2012.