O que era praticamente certo há alguns dias se tornou oficial nesta quarta-feira (20). Depois de circular na imprensa a notícia dando conta de que o atacante Ricardo Oliveira não ficaria mais no Santos [VIDEO], o jogador fez uso de suas redes sociais para oficializar sua despedida do Peixe. Em um texto publicado no Instagram, acompanhado de uma foto comemorando um gol pelo clube, ele agradeceu o apoio dos torcedores e também explicou os motivos que o levaram a não permanecer na Vila Belmiro [VIDEO].

“Estou aqui para que todos saibam que meu ciclo no #Santos se encerra este ano”, iniciou o jogador, para depois seguir dizendo que era preciso pensar em sua carreira, em seu futuro e também no futuro de sua família.

Ele também citou números de suas duas passagens pelo clube, sendo um total de 173 jogos e marcando 92 gols, sendo o clube que mais defendeu e balançou as redes na carreira. O jogador também lembrou que no tempo em que esteve na Vila Belmiro, o time brigou por títulos e esteve entre os melhores do Brasil.

Por fim ele se despediu, sem revelar qual será seu destino, deixando apenas uma mensagem. “Agradeço imensamente o incondicional apoio que vocês sempre tiveram comigo. Em breve espero poder resolver a minha nova casa para poder dividir com todos”, encerrou o jogador.

Ele pode até não ter revelado seu novo clube, porém, ao que tudo indica, o jogador seguirá vestindo as cores preto e branco, mas a do Atlético Mineiro. Ele chegaria para ocupar a vaga deixada por Fred, que está em processo de transferência para o Flamengo.

No Galo, ele poderá ainda voltar a jogar com Robinho, caso este acerte sua renovação com o clube mineiro.

Adversário na Libertadores

Com Ricardo Oliveira agora fazendo apenas parte da história do clube, o Santos olha para a próxima temporada e nesta quarta-feira (20), conheceu seus primeiros adversários na fase de grupos da Copa Libertadores da América, após sorteio realizado na sede da Conmebol, no Paraguai.

O Santos está no grupo 6, ao lado dos argentinos do Estudiantes e do Real Garcilaso, do Peru. O quarto elemento deste grupos virá das fases preliminares, podendo até mesmo ser a Chapecoense, que encara o Nacional do Uruguai na segunda fase eliminatória. Banfield da Argentina ou Independiente Del Valle do Equador são outros times que também podem fazer parte do grupo. Caso seja o time uruguaio o classificado, a chave será composta por três campeões de Libertadores. #PaixãoPorFutebol #Mercado da bola