Nesta quarta-feira (20), na sede da Conmebol, no Paraguai, o Corinthians [VIDEO] conheceu seus primeiros adversários na disputa da Copa #Libertadores da América. Um deles é o Independiente da Argentina, [VIDEO] que na semana passada foi campeão da Copa Sul-Americana e possui sete títulos do mais importante torneio do continente, o que lhe fez ficar conhecido como o Rei de Copas. Porém, este não é o adversário que mais preocupa o presidente Roberto de Andrade.

Presente à cerimonia, que também sorteou os duelos da Copa Sul-Americana, o mandatário corintiano disse que a classificação nas oitavas é algo certo, mas que o adversário mais perigoso do grupo é outro.

Para ele, o Millonarios da Colômbia é o oponente que requer mais atenção por parte dos alvinegros. “Pelo que eu li, o Millonarios vem se preparando, vem forte e investiu para a Libertadores”, disse.

Na campanha de 2013, o #Corinthians enfrentou este adversário na fase de grupos, no estádio do Pacaembu, porém em circunstâncias não muito legais. Naquele torneio, o duelo foi válido pela segunda rodada, quando o Timão foi obrigado a jogar sem torcida – ou quase, uma vez que quatro torcedores conseguiram entrar por meio de uma liminar concedida na Justiça -, como punição pela morte do torcedor boliviano Kevin Espada, no jogo de estreia. Mesmo sem o apoio das arquibancadas, o time dirigido pelo técnico Tite bateu o adversário por 2 a 1. No segundo turno, em jogo realizado na Colômbia, o Timão venceu por 1 a 0.

Outros adversários

O presidente Roberto de Andrade também falou dos outros dois adversários do alvinegro na primeira da Copa Libertadores. Sobre os argentinos do Independiente, Andrade disse que assistiu os dois duelos da decisão da Sul-Americana contra o Flamengo e que se trata de um time fortíssimo, porém acredita que o clube paulista possa fazer um duelo “legal” contra eles.

Com relação ao Deportivo Lara, da Venezuela, que pela tradição na competição pode ser considerado o time mais fraco da chave, o presidente admitiu não conhecer a equipe, mas preferiu demonstrar respeito, lembrando que times desconhecidos conseguiram sucesso. “Não podemos julgar pelo nome, nem pelo país, nada”, afirmou.

Ele deu a entender ainda que conta com a passagem corintiana para a próxima fase da competição. “Dois clubes passarão. O Corinthians tem grandes chances de avançar. Aí, sobra outra vaga. Sei que a minha está garantida”, disse em meio a sorrisos. #PaixãoPorFutebol