Em meio às possíveis chegadas do lateral-direito Gilberto, do volante Jádson e, principalmente, do atacante Fred, o Fluminense vê as suas duas principais peças sendo cobiçadas por outras grandes equipes do Futebol brasileiro para a próxima temporada. Artilheiro da Série A com 18 gols ao lado de Jô, do Corinthians, Henrique Dourado teve seu nome especulado para substituir Lucas Barríos no Grêmio, que também gostaria de contar com Gustavo Scarpa. O meia também estaria na mira de Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Santos, Cruzeiro e Atlético-MG.

Durante entrevista concedida ao Lancenet, o presidente do Tricolor das Laranjeiras [VIDEO], Pedro Abad, falou sobre ambos.

Em relação ao Ceifador, o mandatário foi enfático e garantiu a sua permanência no ano que vem.

"Não tem isso. O Dourado é nosso artilheiro", disse o cartola, que, no entanto, adotou uma postura mais cautelosa para também assegurar a manutenção de Scarpa.

"Não tem nada resolvido nem não-resolvido", complementou o dirigente.

Nascido em Guarulhos, na Grande São Paulo e com passagens por clubes como Palmeiras, Portuguesa, Cruzeiro, Chapecoense, Vitória de Guimarães, de Portugal, dentre outros, Henrique Dourado chegou ao Fluminense [VIDEO] no segundo semestre do ano passado, mas só se firmou como um dos destaques do time titular no início de 2017, marcando, em todas as competições disputadas pela agremiação carioca, 32 gols. Além do faro de artilheiro, o camisa 9 virou o xodó da torcida, especialmente as crianças, pelo seu jeito carismático e por demonstrar muita vontade em todas as vezes que entrou em campo.

Também paulista, mas de Campinas, Gustavo Scarpa desembarcou nas Laranjeiras em 2012 ainda nas categorias de base. Dois anos depois, subiu para os profissionais, mas só atingiu o status de principal jogador em 2016. Vivia a sua melhor fase na carreira no começo desse ano, mas, em fevereiro, sofreu uma fratura no tornozelo direito durante a semifinal da Taça Guanabara, segunda fase do Campeonato Carioca, contra o Madureira. Depois de cinco meses afastado, retornou na vitória de 3 a 2 sobre o Santos, no Maracanã, na abertura do último Brasileirão, mas jamais recuperou totalmente a antiga forma e passou a ser bastante criticado pelos tricolores e, em conversas particulares, demonstrou a vontade de se transferir.

O Fluminense se reapresenta no dia 03 de janeiro. Na manhã seguinte, viaja para os Estados Unidos, onde realizará a pré-temporada, além de participar da Florida Cup. A estreia oficial acontece no dia 17 de janeiro, em Bacaxá, distrito de Saquarema, contra o Boavista pela primeira rodada do Estadual do Rio.