A diretoria do Corinthians segue trabalhando [VIDEO] em busca de reforços para a próxima temporada, cuja principal competição é a Copa [VIDEO] Libertadores da América, que se estenderá por todo o ano. Dois nomes, que estão no Futebol da Bahia, estão demandando certo esforço dos dirigentes alvinegros.

Dentre os dois jogadores, o que está mais perto de um acerto é o lateral Juninho, do Bahia. O atleta já tem um acordo salarial firmado com o time paulista, restando agora o acerto com o Tricolor. Na última terça-feira (19), o gerente de futebol Alessandro Nunes se reuniu com Diego Cerri, diretor de futebol do time nordestino para tratar de mais detalhes da negociação.

Após o encontro, ficou definido que o campeão brasileiro cederá três atletas, além de uma compensação financeira.

Foram oferecidos o goleiro Douglas, o lateral-esquerdo Moisés e o atacante Mendoza, este último que já atuou pelo clube neste ano. Resta ainda saber se estes jogadores desejam ser negociados e também se a comissão técnica aceitará liberá-los. Outro atleta cogitado para ir para o Bahia é o meia Marlone, que estava emprestado ao Atlético Mineiro, mas ele já demostrou que não deseja essa transferência. “Só vou abrir mão de quem ele não for usar. Isso ainda não foi feito. Vamos falar com o Carille”, afirmou o presidente Roberto de Andrade.

Tréllez

Outro jogador do futebol baiano, mas do Vitória, desejado pela diretoria do Corinthians é o Colombiano Tréllez, porém as conversas estão menos adiantadas do que com o Juninho.

Por enquanto houve apenas um contato com o empresário do atleta, faltando ainda formalizar uma proposta para o Rubro-Negro, fato que deve acontecer ainda nos próximos dias.

Um dos motivos pela demora de se iniciarem as conversas, é que o Vitória atravessava um processo eleitoral e os corintianos aguardavam a definição do novo mandatário do clube para poder então abrir as negociações. Tréllez tem contrato com o Vitória até o final do próximo ano e os alvinegros, assim como estão fazendo nas negociações com o rival, deverá oferecer alguns atletas para ajudar abater o valor pedido.

Não vai mais

Antes dada como certa, a transferência do volante Marciel para o Paraná Clube não vai mais acontecer. As negociações com a equipe do Sul não avançaram e uma das razões é por conta de um possível interesse da Ponte Preta.

Uma das revelações da Copa São Paulo de 2015, o jogador já havia sido emprestado para o Cruzeiro na temporada passada e neste ano foi pouco utilizado por Fábio Carrille. Mesmo assim, ele continua sendo considerado uma aposta pela comissão técnica, que, no entanto, entende que ele ainda não atingiu a maturidade técnica necessária para se firmar na equipe.