A briga judicial entre Santos e o lateral-esquerdo Zeca está perto de ter um final bom para as duas partes. Apesar de na última sexta-feira (22), a Justiça ter negado o recurso do Peixe e mantido o jogador livre para assinar com qualquer outro clube [VIDEO], o Alvinegro não deve sair de mãos vazias [VIDEO]. Mesmo com a rescisão contratual ter sido publicada no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), os advogados santistas creem que o atleta ainda está preso ao clube do litoral paulista.

O jogador interessa ao Flamengo, tendo, inclusive, já acertado as bases salariais com o atleta, e é essa pendência jurídica que impede que o acordo seja fechado.

No entanto, ao time paulista agora está disposto a negociar. Se antes os Alvinegros queriam 50 milhões de reais pela multa rescisória – e para receber isso teria que ir à Justiça-, agora o time já aceita liberar o lateral em troca do empréstimo de um ou dois jogadores rubro-negros, além de uma compensação financeira.

Na Vila Belmiro, é entendimento que Zeca não tem mais clima para jogar no clube. Uma das alegações feitas pelos advogados do jogador para a quebra de contrato foi que o Peixe não deu respaldo a ele no episódio em que se envolveu com torcedores no aeroporto, onde teria sido agredido, na chegada da delegação de Recife, após empate em 1 a 1 com o Sport, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador também reclamou atrasos no recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e direitos de imagens.

O Santos negou esses atrasos.

Com apenas o lateral Romário, vindo do Ceará, confirmado e passando por delicada situação financeira, o Santos vê no negócio a possibilidade de resolver dois problemas: primeiro é de reforçar seu elenco e segundo de conseguir o dinheiro para pagar a multa rescisória e ao Botafogo e finalmente poder anunciar Jair Ventura como seu novo treinador.

Uma decisão definitiva só sairá em fevereiro e existe o temor por parte do Flamengo de perder o atleta, caso a Justiça dê ganho de causa ao jogador ou ter que pagar a multa estipulada. “Ganhei (a liminar), estou apalavrado (com o Flamengo). Eu tenho acertado em todos os aspectos com o clube”, disse o jogador nessa quarta-feira (27).

“Se Deus quiser, vou ser muito feliz lá”, continuou o jogador. Além da assinatura do contrato, ainda falta a realização de exames médicos. O Santos inicia a temporada 2018 no próximo dia 17, quando viaja para encarar o Linense, em Lins, pela primeira rodada do Campeonato Paulista. O jogo está marcado para às 19h30, no Estádio Gilberto Siqueira Lopes.