A eliminação do Santos para o Barcelona do Equador, [VIDEO]ainda pelas quartas de final da Copa Libertadores da América, segue dando dor de cabeça para o Santos [VIDEO] e um acontecimento ocorrido durante a derrota por 1 a 0, na Vila Belmiro, trará consequências por praticamente toda a fase de grupos da próxima edição. Por conta da expulsão e da cusparada em Damián Díaz, do clube equatoriano, o atacante Bruno Henrique foi suspenso pela Conmebol por cinco partidas e com isso só poderia atuar na última rodada da fase de grupos, dia 24 de maio, diante do Real Garcilaso, na Vila Belmiro. O jogador ainda recebeu uma multa no valor de 10 mil dólares, cerca de 23 mil reais.

Esse valor, de acordo com comunicado emitido pela entidade, poderá ser abatido da cota de TV e patrocínios que o Peixe terá direito pela participação no torneio continental. O clube paulista ainda poderá recorrer da punição.

Caso não consiga reverter a suspensão, este será mais um problema para o setor defensivo santista, que já perdeu Ricardo Oliveira, não ficou com Kayke e ainda teve Nilmar pedindo para deixar o clube. A diretoria negocia com nomes conhecidos para a posição, como o argentino Barcos; Gilberto, que estava no São Paulo; e Gabigol, cujas negociações com a Inter de Milão estão um pouco demoradas. Componente do grupo 6 na primeira fase, o Santos estreia na Copa Libertadores no dia 1º de março, quando sai para pegar o Real Garcilaso. A equipe santista ainda jogará contra o Estudiantes da Argentina e um time que virá das fases prévias, podendo ser a Chapecoense ou o Nacional do Uruguai.

Antes, no entanto, a equipe alvinegra faz sua esteia no Campeonato Paulista, no dia 17 de janeiro, quando irá até Lins encarar o Linense, às 19h30, no estádio Gilberto Siqueira Lopes.

Briga com o lateral Zeca

O Santos travou nesta sexta-feira (29), mais um capítulo na briga judicial contra o lateral-esquerdo Zeca. O advogado do clube, Maurício Corrêa da Veiga, entrou com um agravo regimental para buscar a reconsideração do habeas corpus ao jogador. O Santos já teve, dias antes, um recurso negado.

O jogador já tem tudo acertado para ser novo reforço do Flamengo, porém o impasse judicial impende que ele seja apresentado de forma oficial pelo Rubro-Negro e uma decisão final só deverá sair em fevereiro. Nesta sexta-feira (29), foi noticiado que o time paulista já considerava negociar com os cariocas a liberação do lateral em troca do empréstimo de alguns jogadores e uma compensação financeira.