Em meio à repercussão da chegada de Raí e Ricardo Rocha para trabalharem fora das quatro linhas, o São Paulo recebeu uma preocupante notícia nesta sexta-feira (29). Com a mudança no regulamento da Liga Chinesa do próximo ano, que aumenta o número de estrangeiros que uma equipe pode contar, o Tricolor poderá perder sua principal peça em sua recuperação no Campeonato Brasileiro. Apesar do contrato de empréstimo ser válido até o final de 2018, o meia Hernanes poderá que retornar ao Hebei Fortune já no próximo mês de janeiro.

Publicidade
Publicidade

Uma cláusula no contrato de empréstimo permite aos chineses solicitar o retorno do jogador de forma antecipada. Apesar de ainda não ter sido notificada de forma oficial, a diretoria são-paulina já trabalha para tentar manter uma de suas principais estrelas, inclusive iniciando as conversas para ter o jogador em definitivo.

Curiosamente essa cláusula, mantida em segredo até então, foi revelada pelo ex-comentarista e agora coordenador de Futebol do São Paulo, Ricardo Rocha.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

A diretoria do São Paulo afirmou que o jogador deseja permanecer no Morumbi e que ainda mantém vivo o sonho de fazer parte da Seleção Brasileira que disputará a próxima Copa do Mundo. Hernanes chegou durante a disputa do Campeonato Brasileiro, quando o São Paulo fazia péssima campanha e em pouco tempo e tornou o principal elemento da recuperação do Tricolor na competição, que até o fez flertar com uma vaga na próxima Copa Libertadores da América.

Publicidade

Mesmo estreando na 17ª rodada, “o Profeta”, foi o goleador do time na competição com nove tentos anotados.

O elenco do São Paulo tem reapresentação agendada para a próxima quarta-feira (3), quando já inicia os trabalhos visando sua estreia no Campeonato Paulista, dia 17, às 19j30, contra p São Bento, em Sorocaba.

Confirmou, mas não agradou

O Sport Recife confirmou ter recebido uma oferta do São Paulo pelo meia Diego Souza, porém os valores oferecidos não agradaram a diretoria do clube pernambucano.

“Chegou até a nós uma proposta pelo empresário dele, mas que não nos agradou”, disse o presidente do Leão Arnaldo Barros, que também ressaltou que nenhum jogador é inegociável.

O acerto entre os clubes é a única questão pendente nas negociações, uma vez que o jogador já acertou salários com o Tricolor. Isso aconteceu há cerca de dez dias e desde então ele segue no aguardo do desfecho do negócio. Seu contrato com o Sport vai até dezembro do próximo ano.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo