Em meio à repercussão da chegada de Raí e Ricardo Rocha para trabalharem fora das quatro linhas, o São Paulo recebeu uma preocupante notícia nesta sexta-feira (29). Com a mudança [VIDEO] no regulamento da Liga Chinesa do próximo ano, que aumenta o número de estrangeiros que uma equipe pode contar, o Tricolor poderá perder sua principal peça em sua recuperação no Campeonato Brasileiro. Apesar do contrato de empréstimo ser válido até o final de 2018, o meia Hernanes poderá que retornar ao Hebei Fortune já no próximo mês de janeiro.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Uma cláusula no contrato de empréstimo permite aos chineses solicitar o retorno do jogador de forma antecipada. Apesar de ainda não ter sido notificada de forma oficial, a diretoria são-paulina já trabalha para tentar manter uma de suas principais estrelas, inclusive iniciando as conversas para ter o jogador em definitivo.

Curiosamente essa cláusula, mantida em segredo até então, foi revelada pelo ex-comentarista e agora coordenador de Futebol do São Paulo, Ricardo Rocha. A diretoria do São Paulo afirmou que o jogador deseja permanecer no Morumbi e que ainda mantém vivo o sonho de fazer parte da Seleção Brasileira que disputará a próxima Copa do Mundo. Hernanes chegou durante a disputa do Campeonato Brasileiro, quando o São Paulo fazia péssima campanha e em pouco tempo e tornou o principal elemento da recuperação do Tricolor na competição, que até o fez flertar com uma vaga na próxima Copa Libertadores da América. Mesmo estreando na 17ª rodada, “o Profeta”, foi o goleador do time na competição com nove tentos anotados.

O elenco do São Paulo tem reapresentação agendada para a próxima quarta-feira (3), quando já inicia os trabalhos visando sua estreia no Campeonato Paulista, dia 17, às 19j30, contra p São Bento, em Sorocaba.

Confirmou, mas não agradou

O Sport Recife confirmou ter recebido uma oferta do São Paulo pelo meia Diego Souza, porém os valores oferecidos não agradaram a diretoria do clube pernambucano. “Chegou até a nós uma proposta pelo empresário dele, mas que não nos agradou”, disse o presidente do Leão Arnaldo Barros, que também ressaltou que nenhum jogador é inegociável.

O acerto entre os clubes é a única questão pendente nas negociações, uma vez que o jogador já acertou salários com o Tricolor. Isso aconteceu há cerca de dez dias e desde então ele segue no aguardo do desfecho do negócio. Seu contrato com o Sport vai até dezembro do próximo ano.