Anúncio
Anúncio

O PSG tem se reforçado muito e essa época é muito importante para eles. Depois de todo o investimento, eles querem muito ganhar e não é só o Campeonato Francês. Os franceses gastaram uma fortuna nas contratações, mas agora estão preparados para dispensarem alguns craques. O time exige a Unay Emery que vá mais em frente na Champions, mas eles nem deram muita sorte, uma vez que terminaram a fase de grupos na primeira posição, e o sorteio ditou o Real Madrid. Foi uma má sorte, mas também uma oportunidade para Neymar e companhia provarem que eles estão preparados para enfrentarem os melhores.

No entanto, de acordo com o jornal Marca, o PSG vai mudar para esse confronto espetacular contra o Real Madrid. E poderiam ser até seis os jogadores que estariam de saída do PSG, já neste mês de janeiro.

Anúncio

Quanto ao trio de ataque formado por Cavani, Mbappé e Neymar não existe grande dúvida. Eles são o rosto desta super equipe e acabam apagando o brilho de todos os outros jogadores, alguns deles, craques mundiais, como é o caso de Di María. Porém, em ano de Copa do Mundo, todos querem jogar mais e alguns deles poderiam sair mesmo em janeiro, para somarem mais minutos.

Em uma entrevista ao jornal Le Parisien, o diretor esportivo dos franceses, Antero Henrique, deixou muitas dúvidas sobre a continuidade dos futebolistas Di Maria, Pastore, Lucas e Ben Arfa. Além disso, os rivais do Real Madrid nos últimos dezesseis da Liga dos Campeões terão que fazer um importante trabalho de engenharia financeira para se ajustar ao Fair Play que a FIFA estabelece nas despesas de inscrições e salários.

Anúncio

Sobre Di María, o jogador é dos mais talentosos em sua posição, mas acabou perdendo espaço com a chegada de Neymar. Por isso, e pelo número de pretendentes na Europa, o craque poderia estar de saída, até porque ele tem um dos salários mais elevados na equipe. Pastore tem já uma longa carreira no PSG, mas também perdeu seu espaço e, tal como Di María, o diretor esportivo não descarta sua saída e garante que poderia mesmo acontecer já em janeiro. Seu desempenho não está em dúvida, mas nas últimas três temporadas, ele perdeu 58 jogos, nos quais, ficou provado que seus substitutos deram conta do recado. Então, uma saída para ganhar dinheiro não seria mal vista na equipe da capital francesa.

Lucas Moura também pode sair

O brasileiro Lucas Moura está fazendo sua sexta temporada com o PSG e é o mais afetado pela formação do famoso tridente.

Anúncio

Ele fez somente 80 minutos nesta temporada, números ruins para um jogador de sua estatura. "Ele não me pediu para sair, mas estamos cientes de sua situação esportiva", explica Antero Henrique. A partida do brasileiro parece ser a mais clara.

"Muito em breve haverá um acordo sobre seu futuro", diz o diretor esportivo sobre Ben Arfa. Sendo bem conhecido o seu mau relacionamento com Emery, é natural que todos imaginem sua saída. O PSG o contratou depois de uma ótima temporada em Nice, mas em Paris não mostrou o mesmo nível.

Além dos quatro nomes dados por Antero Henrique, há mais jogadores na rampa de saída. Um deles é Julian Draxler, que não se estabeleceu como esperado e foi relegado. Outra possível partida é a de Kevin Trapp. O goleiro alemão perdeu seu estatuto na temporada passada e a Premier League pode ser o seu próximo destino.