O Palmeiras é o grande clube do Brasil no Mercado da bola. Com poderio econômico e também com estrutura de dar inveja, o Alviverde segue sendo o 'monstro' do mercado. Diretores de clubes rivais, como o São Paulo, por exemplo, já ligaram para o presidente Maurício Galiotte reclamando sobre a agressividade verde nos negócios. Por enquanto o Palmeiras não deve mudar sua postura.

Até agora já foram contratados o meia Lucas Lima, o lateral Diogo Barbosa, o zagueiro Emerson Santos e o goleiro Weverton. Todos esses nomes chegaram sem dinheiro da Crefisa, atual patrocinadora. Leila Pereira, dona da financeira, garantiu que se for procurada por Galiotte não vai deixar de ajudar.

Novela chegou ao fim

O Palmeiras ficou muito perto de fechar com Gustavo Scarpa, meia do Fluminense. As bases salariais inclusive estavam acertadas, bastando apenas o Flu escolher os atletas que queria na troca. Roger Guedes foi um dos nomes, mas o atacante negou jogar no Rio de Janeiro. A negativa de Guedes causou um enorme mal estar e o negócio simplesmente foi cancelado.

Com Guedes de moeda de troca, o Palmeiras mudou o alvo e foi conversar com o lateral Marcos Rocha, do Atlético Mineiro. Há muitos anos no Galo, Rocha [VIDEO] acertou as bases de salário, produtividade e premiação com o Verdão e pediu para deixar o Atlético nesta sexta. A informação foi do empresário André Cury.

"Ele já está acertado com o Palmeiras. Agora o Atlético vai escolher os jogadores que quer na troca," disse.

Guedes aceitou ir para Minas Gerais e é o primeiro nome. O lateral João Pedro também aparece na lista. O único obstáculo para ele ir para Minas é que o novo técnico do Palmeiras, Roger Machado, quer contar com ele para os torneios de 2018. Caso muito diferente de Fabiano. O lateral que fez o gol contra a Chapecoense e garantiu o título brasileiro de 2016 para o Verdão não deve ter qualquer tipo de chance na temporada e é uma opção para a troca definitiva.

Alexandre Mattos, executivo de Futebol, deve encerrar os trabalhos no mercado da bola e fechar o grupo que vai disputar a temporada de 2018. Todos os atletas se apresentam [VIDEO] em janeiro e iniciam a pré-temporada buscando a preparação. A estreia no Campeonato Paulista será contra o Santo André, dia 17 de janeiro, no Allianz Parque. Ou seja, Roger Machado terá pouco tempo para preparar e entrosar a equipe. Qualquer ganho de tempo nesse período pode auxiliar na busca pelos títulos, tão sonhados pela torcida em 2017 e que não chegaram.