A temporada foi de altos e baixos para Nenê no #Vasco da Gama. O jogador mostrou um bom #Futebol, mas sempre esteve rodeado de polêmicas, principalmente quando a equipe era comandada por Milton Mendes. Durante um bom tempo ele até ficou fora dos planos do clube, mas acabou se acertando com a diretoria e nessa reta final de Brasileirão [VIDEO] se tornou um dos nomes mais importantes na classificação vascaína a próxima edição da Libertadores.

Mesmo hoje ainda existem especulações de uma possível saída do atleta do Vasco, mas o seu empresário, Gilson Costa, deu uma notícia que animou o torcedor vascaíno.

''Não faz sentido Nenê sair do Vasco, o problema dele era com o Milton Mendes'', afirmou o seu empresário [VIDEO].

Milton Mendes acabou não se dando bem com alguns jogadores do clube, entre eles Rodrigo, que acabou indo para a Ponte Preta e foi rebaixado com a equipe paulista.

Milton Mendes não manteve um bom futebol no Vasco, após a derrota por 3 a 0 diante do Bahia acabou sendo demitido. Com Nenê, o treinador pedia para ele exercer algumas outras funções e era figura frequente no banco de reservas.

Porém, tudo mudou com a contratação de Zé Ricardo, que fez com que o atleta se tornasse um dos líderes e jogadores de confiança do treinador, fazendo que o seu futebol melhorasse e hoje está feliz no clube e quer permanecer para a disputa da Libertadores em 2018.

A classificação para a Libertadores faz com que o Vasco tenha novos objetivos. Com a necessidade de montar um elenco mais poderoso, o clube terá que colocar a mão no bolso e assim trazer outros nomes para compor o grupo do treinador.

Alguns jogadores que não tiveram muito espaço com Zé Ricardo devem deixar o clube, abrindo espaço para a chegada de outros nomes que mostrem um futebol mais competitivo.

O Vasco começou a temporada para lutar contra o rebaixamento. Com muitos problemas no clube, acabou ficando na parte de baixo da tabela na parte inicial do campeonato, mas com a chegada de Zé, o futebol mostrado de um salto, consertou o sistema defensivo e o tornou muito mais sólido. Com uma boa zaga, a tendência é a contratação de mais jogadores para o ataque em 2018.

Vale lembrar que tudo isso foi construído sem a presença de Luís Fabiano, que acabou ficando de fora da grande maioria dos jogos por problemas físicos e assim dificultou ainda mais a luta Cruz-Maltina de voltar a jogar uma Libertadores após muito sofrimento nos últimos anos por conta dos rebaixamentos. #Brasileirão