O Internacional está tentando montar um grande grupo para 2018. Porém, o clube gaúcho não está em uma boa condição financeira, esperando estrategicamente para conseguir os seus objetivos. De acordo com o site UOL Esporte, o Colorado está observando de longe a briga entre Boca [VIDEO]Junior e River Plate pela contratação de Walter Montoya, jogador de 24 anos que atualmente joga pelo Sevilla, da Espanha.

A publicação diz que o Internacional está de olho nas movimentações, mas se ninguém conseguir a sua contratação, entrará na briga para trazer o atleta para o Futebol brasileiro [VIDEO].

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

O grande problema para a sua contratação é novamente financeiro. Isso porque o Boca Junior estaria disposto a pagar 5 milhões de dólares (R$ 16,4 milhões) pelo jogador, e o River Plate também estaria disposto a pagar um valor parecido.

Sem a mesma capacidade de pagar um valor tão elevado, o Inter entraria na briga para levá-lo ao Rio Grande do Sul por empréstimo. Um empréstimo para o Internacional é visto como um melhor negócio. Isso porque não faria inicialmente um grande investimento, além de ter a possibilidade de saber se o jogador iria se adaptar ao Brasil, para aí colocar a mão no bolso e contratá1-lo definitivamente.

O argentino começou a carreira no Rosário Central, onde se destacou e acabou sendo contratado pela equipe espanhola. O jogador foi contratado por 4 milhões de euros (R$ 15,5 milhões), mas até o momento não teve muita sorte no futebol europeu. Durante a temporada 2017, jogou apenas sete vezes, aumentando, assim, o interesse da dupla argentina pela sua volta.

Reforços

O Internacional está de olho no mercado em busca de boas opções para reforçar o seu grupo para 2018.

O nome que está na pauta é Bruno Silva, mas o Botafogo-RJ quer a troca envolvendo William Pottker. Porém, o Colorado não está disposto a liberar o atacante, deixando o negócio mais difícil de acontecer.

Outro nome sondado é Buffarini. O lateral foi contratado pelo São Paulo na última temporada quando o clube paulista era comandado por Bauza. O atleta foi campeão da Libertadores em 2014, mas no Tricolor Paulista acabou não se firmando e deve ser negociado. O São Paulo não dificultará a negociação, mas, para isso, o Internacional teria que se comprometer de pagar integralmente o salário do jogador, que hoje está em volta de 210 mil reais mensais.

Após a volta para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro, alguns atletas do Inter estão de saída. Assim, o clube terá salários a menos para se preocupar e, dessa forma, poderá fazer mais investimentos.