Leo Messi e Cristiano Ronaldo [VIDEO]protagonizam uma das maiores rivalidades do esporte mundial. Durante a última década, eles têm dividido os prêmios de melhores do mundo e dividem os fãs: para uns, Messi é o melhor, e para outros é Cristiano quem merece a distinção mais elevada. Porém, esse ano, parece estar acontecendo uma mudança. Pela primeira vez em muitos anos, Cristiano Ronaldo, de 33 anos, está longe dos primeiros lugares nas estatísticas entre os melhores. Pelo contrário, Messi lidera todas. São quatro as principais categorias que provam que, nesse momento, não existem dúvidas: Messi está muito melhor.

O '10' argentino lidera todas as classificações individuais da liga e soma mais gols, assistências, remates e dribles do que qualquer outro jogador.

Contra o Bétis de Sevilha, teve nova demonstração do gênio. Messi marcou dois gols, deu uma assistência a Luis Suarez e deixou uma jogada incrível, que já passou por todo o mundo. Aos 85 minutos, o craque driblou quatro jogadores, em um momento magistral, que está viralizando por todo o mundo.

Para muitos, não existe mais dúvida. Messi é o melhor jogador do mundo e ele não para de crescer. Depois de estar completa a primeira rodada do campeonato, Messi lidera todas as classificações individuais da Liga espanhola. Após 20 encontros, o Messi é o melhor marcador, o melhor assistente, aquele com o maior sucesso nos dribles e aquele que mais chuta no gol. Ele é até o jogador com mais bolas na trave, com 12 bolas sendo devolvidas do gol.

Em resumo, ninguém bate Leo Messi em qualquer seção do jogo ofensivo.

O craque azulgrana é o melhor marcador, com 19 gols em 20 jogos, e é o jogador com mais assistências, com dez passes para gol. Menção especial merece o capítulo dos dribles concluídos com sucesso. Messi agora tem 116, quase o dobro do segundo nesta classificação, que é Jonathan Viera, do Las Palmas, que tem 59. Contra o Betis, o jogador ganhou 12 dos 13 dribles que tentou, mais do que Cristiano tinha conseguido [VIDEO] toda a Liga até este final de semana (11). Naturalmente, eles são jogadores de características diferentes, mas não deixa de colocar alguma distinção entre eles. Tal como nos gols, em que Ronaldo está a 13 de diferença do argentino.

Messi é também aquele que faz mais remates, com 122 chutes e aquele que mais vezes o faz dentro do gol (51). Neste caso, a comparação com Cristiano também é impressionante, já que o português é o segundo jogador da liga que faz mais remates, com 101, mas contrariamente, ele marcou apenas seis golos em todo o campeonato, longe dos 19 gols do argentino.

No ano em que muitos estavam prevendo o "declínio" de Leo Messi, o argentino está respondendo com gols, assistências, dribles e o seu melhor nível de jogo. Com a chegada de Ernesto Valverde, o argentino está com mais liberdade de movimento. O treinador conseguiu construir a equipe em torno de Messi e o argentino está novamente oferecendo uma campanha ao mais alto nível.