Ernesto Valverde continua assistindo a um Barcelona de grande nível, desde o banco. O treinador espanhol chegou essa temporada, mas a equipe parece ter melhorado muito, em relação ao Futebol apresentado por seu antecessor, Luis Enrique. Isso, apesar da grande baixa, que foi a saída de Neymar. Apesar de um início muito atribulado, o time soube se encontrar [VIDEO]e os resultados estão à vista, com a equipe dominando todas as provas e estando ainda na corrida para conquistar tudo. No entanto, o novo treinador não vai descansar na sombra dos bons resultados e ele já está preparando o futuro.

O treinador espanhol quer construir uma equipe personalizada com vista para o próximo ano.

Ele herdou o time de Luis Enrique, sem questionar, mas ele vai mudando o que pode, e na próxima temporada as mudanças poderiam ser mais ainda. Entretanto, e depois de algumas chegadas sonantes, como Dembelé, Paulinho, Yerry Mina ou Coutinho, o Barcelona teria já acertada a transferência de Antoine Griezmann, o jogador do Atlético de Madrid.

Porém, o treinador queria aproveitar esse negócio para incluir um jogador que ele não identifica na equipe. É um dos jogadores que ele quer ver fora do Barcelona mais rápido possível, mas que não tem propostas vantajosas para o Barça. O português André Gomes que não tem o carinho dos pesos pesados da equipe, e está permanentemente no mercado. O problema é que ninguém paga, nem de longe, o que o Barcelona pagou ao Valência por ele.

Oferecer André Gomes na operação Griezmann seria uma solução de emergência, mas que interessa muito ao Barcelona.

No entanto, o estilo do jogador não seria propriamente o mais desejado por Simeone, mas que poderia aceitar o jogador se o preço da venda fosse baixo. E é aí que entra o lucro do Barcelona, que não recebe propostas perto dos 40 milhões de euros que eles pagaram por ele. No entanto, se eles o incluíssem em um negócio como esse, ninguém saberia ao certo qual valor era por ele ou por Griezmann, e isso faria com que a diretiva do Barça tivesse que assumir uma negociação desastrada.

Leo Messi já está ciente [VIDEO]do possível negócio e dá sua aprovação, uma vez que ele também não é o maior fã do português. Eles se levam bem no vestiário, mas o argentino acredita que o meia não tem qualidade suficiente para o Barça. No ano passado, André ainda foi bastante utilizado por Luis Enrique, mas esse ano, com as chegadas de Paulinho e agora Coutinho, seu espaço será cada vez mais reduzido e ele vai ser cada vez menos utilizado, sendo fácil de antever que a saída é o caminho mais provável.

Para agravar tudo isso, André Gomes também não é um dos favoritos da torcida, que o critica bastante, durante seus jogos. Por isso, uma saída limpa parece ser o cenário mais favorável para todos.