O ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, é muito querido por boa parte da torcida e um dos principais candidatos para tomar a presidência do Timão, até porque boa parte dos sócios-torcedores querem o antigo gestor de volta no comando do clube, para assim, quem sabe, conseguir tirar o clube do buraco.

Em títulos, o Corinthians vai muito bem, obrigado, pois a equipe alvinegra de Itaquera ganhou, na temporada passada, o Campeonato Paulista e o Campeonato Brasileiro, com um elenco muito contestado pelos especialistas futebolísticos.

O ex-presidente se candidatou para ser deputado federal e conseguiu se eleger, agora terminou seu mandato e quer voltar a comandar o Timão.

Entretanto, alguns torcedores o culpam pela grande dívida que o clube tem para pagar do estádio.

Recado

Sendo então o principal candidato da torcida corintiana, Andrés também tem o apoio do ídolo Ronaldo Fenômeno, que deve fazer parte desta gestão e ser, muito provavelmente, o dirigente esportivo, auxiliando em trazer patrocínios para que o clube quite a grande dívida para pagar a Arena Itaquera.

Andrés foi o responsável pela construção do estádio, pois foi em sua gestão que o Corinthians agiu para construir e fazer parte da Copa do Mundo de 2014, portanto o ex-presidente falou que ainda tem um ciclo para ser fechado no Corinthians e que não terminou sua jornada dentro do clube.

Andrés falou sobre a construção da Arena e sobre o pagamento dela, afirmando que foi ele quem começou este ciclo para construir o estádio e agora tentará consertar o que não foi bem administrado pelas gestões que vieram após o seu mandato.

O estádio foi para a Copa?

Andrés afirmou que a empreiteira Odebrecht já tentava fazer o estádio do Corinthians desde 1996, mas a Copa do Mundo só foi o empurrão para que isso acontecesse, afastando então qualquer acusação sobre o envolvimento do presidente do Timão com o Governo Federal.

Agora, os torcedores corintianos aguardam ansiosamente as eleições e preparam os seus votos para definirem o futuro do clube alvinegro de Itaquera, até porque esta votação é muito importante [VIDEO].

Uma má gestão que assumir o Corinthians pode quebrar o clube e deixar a equipe totalmente sem chances de se recuperar, até porque existe uma dívida muito alta que precisa ser reduzida, por este motivo que o voto do sócio-torcedor nunca valeu tanto ao clube, pois o presidente que assumir terá uma grande responsabilidade [VIDEO].