Em busca de novos reforços para a disputa da Copa Libertadores da América em 2018 [VIDEO], a #Chapecoense recebeu novos jogadores emprestados pelo #Grêmio.

Um dos reforços é o atacante Guilherme, que recentemente voltou do Botafogo, mas não teria espaço para atuar pelo tricolor gremista neste ano. A negociação com o clube da Chapecoense em relação ao empréstimo do meia-atacante foi confirmada nesta semana, sendo o jogador cedido até o fim do próximo ano para o clube de Chapecó.

O atleta tem 22 anos, e já estava emprestado pelo Grêmio ao clube do Botafogo desde o começo de 2017. Guilherme teve boas atuações pelo time carioca que, inclusive, lhe concedeu o apelido de décimo segundo titular, já que ao entrar em campo finalizava gols e ganhava a simpatia do torcedor.

Guilherme, que é natural de São Paulo, chegou ao Grêmio em 2014, mas antes de ir para o Botafogo, também já havia sido emprestado ao São José-RS durante o período de 2015-2016.

O time de Renato Portaluppi estava de olho nas atuações do meia atacante até o momento, planejando usá-lo antes do fim desta temporada, mas o interesse do Chapecoense antes do Ano Novo fez com que o empréstimo fosse considerado e aceito pelo clube gaúcho, já que no tricolor não teria tanto espaço para atuação, sendo vantajoso para ambos a troca de clubes.

Ainda, vale lembrar que o tricolor gaúcho conta com Alisson, resultado do acordo de troca pelo Edilson com o Cruzeiro, bem como retorno de Everton e Lima que estavam emprestados servindo de reforços para o time gremista. Outra contratação para este ano foi do meia Thaciano do Boa Esporte para atuar nos lados do campo.

Já o time catarinense, além de bancar o salário do jogador Guilherme, ainda irá desembolsar um valor considerável relativo ao empréstimo. Além dele, o clube espera acordos com lateral esquerdo Bruno Pacheco(Atlético – GO) que vem para o lugar de Reinaldo, e Eduardo (ex- Bahia) para reforçar no estadual catarinense e também na Libertadores.

Quem confirmou os acordos de empréstimos relacionados para a temporada foi o Diretor Executivo da Chapecoense, Rui Costa, que sinalizou interesse em negociar também com o zagueiro tricolor Rafael Tyere, afirmando: “Boa chance, é campeão da Libertadores e da Copa do Brasil”. O diretor executivo agora atuante pela Chape, também já trabalhou no Grêmio no período de 2012 até 2016.

Rafael Tyere integra a equipe gremista desde 2014 quando completou 18 anos, participando de 50 jogos. Logo foi emprestado pelo tricolor ao Atlético GO e ao Boa Esporte, renovando seu contrato até 2020. #Futebol