O Palmeiras venceu o Botafogo-SP no domingo (21) pelo placar de 1 a 0 e lidera o grupo C do Campeonato Paulista. O gol foi marcado por Miguel Borja, que espantou a má fase e mostrou que pode ser a solução de ataque palmeirense.

O técnico Roger Machado ficou feliz com o resultado, mas entende que existem situações para serem melhoradas. O toque de bola e a finalização serão conceitos mais trabalhados nos treinamentos de Machado no clube.

Discussão nas redes sociais

O atacante Dudu, capitão da equipe, perdeu dois gols em Ribeirão Preto, mas participou ativamente da partida. Alguns críticos resolveram postar mensagens contra o jogador.

Mas a grande maioria dos palmeirenses postou mensagens de elogios e de carinho, rebatendo os mais exigentes.

Dudu continua como capitão. Com o técnico Cuca, ganhou a faixa e não perdeu. Segue sendo o líder do grupo. Tem o respeito de todos os atletas. Se declarou algumas vezes ao Palmeiras e faz questão de mostrar fotos e imagens dos filhos pequenos com as cores alviverdes.

Proposta da China?

O Changchun Yatai enviou três propostas ao Palmeiras por Dudu. A última [VIDEO] apontou 13 milhões de euros (R$ 51 milhões) e quase R$ 1,3 milhão de salários mensais. O valor dos vencimentos é quatro vezes mais do que ele ganha no Verdão. A transação é quase o dobro, já que o Palmeiras pagou 6 milhões de euros por 100% dos direitos.

Internamente, dirigentes sabem que o Yatai vai fazer uma nova investida e aumentar ainda mais as cifras.

Alexandre Mattos, executivo de futebol [VIDEO] do Verdão, acabou de conceder entrevista comentando sobre os valores e considerou ‘’excepcional’’, mas garantiu que a vontade de Dudu é permanecer no Brasil e defendendo o Palmeiras.

Não é a primeira vez que o atleta nega proposta do exterior. Nestes três anos de Verdão, já recebeu seis propostas chineses e negou todas. As conversas com empresários evoluíram, mas Dudu sempre disse que gostaria de ganhar mais títulos de expressão no clube paulista.

Em 2015, Dudu chegou ao Palmeiras após chapéu dado em Corinthians e São Paulo. O Alvinegro já dava fortes indícios de que o atacante iria para o Parque São Jorge. Dias antes, Mattos conversou com os empresários e bateu o martelo. Foi considerado uma grande transação na época, comemorada por palestrinos. Tornou-se um marco da era Alexandre Mattos e Crefisa, atual patrocinadora.

Com a permanência de Dudu, o clube não vai se preocupar em buscar outro atacante. Na quinta-feira (25), o Alviverde encara o Red Bull.