O São Paulo sem duvidas é um dos maiores clubes do país e nas janelas de transferências sempre busca reforçar o seu elenco com grandes nomes. Em um passado não muito distante trouxe nomes de peso que deram muito certo no time, foram os casos de Lucas Pratto, Hernanes, Kaká [VIDEO]e Alexandre Pato. Porém, em contrapartida, muitas contratações não renderam o esperado e decepcionaram a diretoria e os torcedores. Listamos aqui alguns nomes, confira:

Clemente Rodríguez

O experiente lateral argentino foi contratado pelo São Paulo em junho de 2013, após o fim de seu contrato com Boca Juniors. Chegou e não demorou muito para estrear, uma estreia pra esquecer, com um gol contra e uma expulsão na derrota para o Bahia pelo Campeonato Brasileiro, depois disso só atuou em mais dois jogos com a camisa do tricolor.

Detalhe, o jogador passou quase todo tempo encostado e custou mais de R$ 3 milhões ao clube paulista.

Centurión

O jogador argentino chegou no clube do Morumbi no início de 2015 após se destacar com a camisa do Racing da Argentina. Com a camisa do Tricolor, Centurión marcou apenas oito gols em 80 jogos e não deixou saudades para torcida. Em julho de 2016, o São Paulo emprestou Centurión para o Boca Juniors, onde permaneceu até Julho de 2017. Pelo Boca, time de coração, Centurión foi um dos principais jogadores do time na conquista do titulo argentino, mas o grande problema do jogador é fora de campo, sempre se envolvendo em polêmicas. Após fim do empréstimo com o Boca, o São Paulo negociou Centurión em definitivo para o Genoa da Itália.

Saavedra

O chileno Nelson Saavedra chegou ao Morumbi em 2009, passou apenas 5 meses no clube e não jogou nenhuma partida.

Rondón

Após uma boa Libertadores da América em 2004, Rondón chamou a atenção da diretoria do São Paulo, que o contratou para ser o substituto de Luis Fabiano, vendido na ocasião para o Porto. O venezuelano jogou apenas 8 jogos e não marcou nenhum gol.

Buffarini

Após uma longa novela Buffarini chegou ao tricolor em 2016 com o status de melhor lateral das américas. O lateral custou cerca de R$ 6,5 milhões de reais e foi uma verdadeira decepeção e não vai deixar saudades. Buffarini foi muito criticado pelo pouco poder ofensivo e erros infantis que culminaram na perda da titularidade para Bruno e logo depois para Éder Militão. No começo de 2018 o São Paulo negociou o jogador para o Boca Juniors.

Wesley

wesley com certeza foi umas da piores contratações do São Paulo nos últimos anos. O jogador chegou do rival Palmeiras em uma negociação cheia de atritos por partes da diretorias do clube. Muito mal em praticamente todos os jogos, Wesley não deixou saudades no time do Morumbi.

Wellington Nem

Contratado no ano passado, Nem chegou por empréstimo de um ano junto ao Shakhtar Donestsk com status de uma grande contratação.

Lembrado pelo Futebol dos tempos de Fluminense, o jogador não emplacou uma sequência de bons jogos, perdendo assim espaço no time. Wellington Nem sofreu uma grave lesão no joelho no meio da temporada de 2017 e não atuou mais pelo clube.