O ano de 2018 promete muito ao clube #Corinthians, até porque o alvinegro de Itaquera foi o clube contestado e acabou sendo um dos maiores campeões de 2017, com um elenco considerado muito fraco, em relação aos outros, mas com muita raça e uma parte defensiva muito forte o elenco conseguiu ser o mais regular do Campeonato Brasileiro.

Com a venda do centroavante Jô, principal atleta do clube na temporada, por 11 milhões de euros, cerca de R$ 43 milhões, o Timão acabou tendo que correr para se reforçar muito e tendo um bom dinheiro para investir em respectivas contratações.

As partes a serem reforçadas do Corinthians são todas, pois o único setor incontestável era o defensivo, que acabou perdendo o zagueiro Pablo, por uma briga judicial, e também o lateral-esquerdo Guilherme Arana, que optou por ir ao Sevilla, da Espanha, mostrar o seu futebol no continente europeu.

Reforços

A diretoria do alvinegro de Itaquera é a do clube paulista que mais está correndo atrás e contratando #Reforços, pois o Palmeiras, ocupante deste papel na janela de transferências passada, neste ano foi mais minucioso nas contratações e apostará mais em seu atual elenco e na mudança de técnico.

Para o meio-campo já foi contratado Renê Júnior, para atuar como volante, e mais nenhum atleta para este setor do campo foi especulado, até então. Agora, falta somente um centroavante para substituir Jô e também um zagueiro e um lateral para ocupar o lugar de Pablo e Guilherme Arana.

Para o setor defensivo, a diretoria do Timão foi atrás dos atletas que estão livres no mercado e que desejam mudar de equipe neste intervalo de temporada, dentre estes foi encontrado o nome do zagueiro Henrique, que atualmente está no Fluminense, mas também já pertenceu ao Barcelona e outros diversos clubes da Europa.

O atleta já foi, inclusive, convocado muitas vezes para defender a seleção brasileira.

Jogador de peso!

O atleta chega com muita moral e para ser titular na temporada que vem, tanto que a sua #contratação já foi confirmada pelo Timão [VIDEO], faltando então, somente, um acordo do atleta com o Fluminense, que deseja muito vender o jogador.

O clube tricolor carioca vive uma grande crise financeira e está dispensando os jogadores com os maiores salários do elenco para economizar na temporada que vem, sendo assim a equipe que mais está vendendo e trocando atletas para conseguir manter um elenco com um salário razoável para a temporada de 2018 [VIDEO].