Depois de ganhar de virada da Ferroviária, Corinthians enfrentou o São Paulo para tentar continuar firme na liderança do grupo A, enquanto o tricolor procurava uma afirmação depois de conseguir a primeira vitória no último jogo contra o Mirassol.

Primeiro Tempo

Nem bem o jogo esquentou, e em um passe de Rodriguinho para Jadson os torcedores veem o time corintiano marcar o primeiro gol logo no primeiro minuto da partida. A partir do gol do Corinthians [VIDEO], o São Paulo começou a se soltar mais na partida, entretanto, a boa marcação corintiana não deixava que o tricolor paulista avançasse. O São Paulo em alguns lances assustava a meta de Cássio com chutes, porém sem nenhum sucesso.

A partida estava bem equilibrada, apesar do gol do Corinthians [VIDEO] os dois times tinham dificuldades para criar, entretanto, o timão era a equipe que mais se aproximava do gol com algumas chegadas de Jadson e Rodriguinho forçando o Sidão a ter algum tipo de trabalho na partida. Aos 24 minutos a primeira grande chance são paulina na partida, Shaylon chuta de fora da área e a bola bate na trave, logo em seguida aos 25 minutos, após uma bola cruzada na área do Corinthians, Brenner aproveita a falha defensiva para empatar a partida. Aos 32 minutos, após escanteio cobrado com perfeição de Jadson, Balbuena livre de marcação cabeceia sem chances para o goleiro Sidão. Aos 40 minutos em uma disputa de bola, Gabriel leva um chute de Diego Souza, porém para não causar mais confusão ainda o juiz amarelou os dois jogadores.

Até o final da primeira etapa não ocorreu nenhum lance de perigo para os dois lados.

Segundo Tempo

Na etapa complementar oo jogo começou um pouco travado, porém, o São Paulo começou atacando e o Corinthians estava esperando o momento certo para contra-atacar. Aos 4 minutos, após Marcos Guilherme cruzar para a grande área, Balbuena tira antes de Brenner conseguir chegar na bola.

São Paulo por estar mais presente no campo corintiano, deixava a torcida um pouco mais irritada apesar do placar ser favorável ao timão, entretanto a boa marcação do Corinthians impedia um avanço ainda maior da equipe são paulina, abusando dos cruzamentos.

O Corinthians deixava a bola para a equipe do São Paulo, característica marcante do time do ano passado. Após pequenas tentativas do time são paulino, o jogo ficou meio morno sem grandes chances reais para os dois lados, enquanto o Corinthians ficou um pouco sem escape para seus contra-ataques.