De acordo com o site espanhol Don Balón, o problema de Cristiano Ronaldo com o Real Madrid não é apenas sobre o dinheiro. É verdade que o português está furioso por estar atrás de Messi e Neymar na escala salarial, mas a confusão vai bem mais além do que o fator econômico. Supostamente, Cristiano Ronaldo [VIDEO] está com a pulga atrás da orelha desde o último mercado de transferências, época em que ele já antecipava que tudo isso iria acontecer.

Quando Neymar saiu do Barça e o time não conseguiu contratar os reforços pretendidos, muito se falou que seria mais uma má temporada do Barcelona, e que no Real, esses sim, teriam tudo para manter o domínio.

Enquanto isso, Ronaldo foi bem mais realista sobre isso e nunca teve dúvidas que as coisas não seriam assim tão fáceis, especialmente quando ele viu o que a direção do clube de Madri estava fazendo.

O português viu a queda do Real chegando e percebeu que o time estava enfraquecendo, com as partidas de James Rodrigues, Pepe e Morata, em um momento em que as contratações deixaram muito a desejar. Na opinião de Cristiano [VIDEO], o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, relaxou depois de ver o time conquistar tudo na Espanha e na Europa, e deixou a equipe sem se renovar e ficando nas cordas.

Essa é uma situação que o português não consegue suportar e que já alertou faz tempo, quando disse que as saídas de James, Pepe e Morata não foram bem geridas. Esses três craques fazem falta no time, e ninguém entrou para os substituir devidamente.

O esporte também tem muito a ver com a motivação e, para Cristiano, existem agora coisas que o estão preocupando mais do que o próprio dinheiro. Na verdade, a questão salarial tem mais a ver com o sentido de justiça e ele não está aceitando bem e se sente desvalorizado por estar ganhando tão abaixo que os seus rivais individuais, Messi e Neymar, jogadores que ainda em dezembro passado, há um mês, ele superou, sendo considerado melhor jogador que eles. Para Cristiano, isso não faz sentido e é injusto eles estarem ganhando quase o dobro que ele.

Porém, para continuar no Real Madrid, a exigência de Ronaldo parece ser bem diferente que essa. Ele exige, agora, a saída de três estrelas que, em sua opinião, só estão prejudicando o time, nesse momento. Para começar, uma mudança de treinador. O tempo de Zidane no Real Madrid acabou. Os jogadores não estão mais de acordo com o francês e no vestiário todos sentem que é preciso muito mais para eles ganharem e um novo treinador é uma das prioridades para o time.

As outras duas saídas que o 7 está propondo estão no campo, mais perto dele e, também por isso ele percebe melhor seus problemas, são Gareth Bale e Dani Ceballos, os dois jogadores que ele não quer mais em Madri. O primeiro é sempre uma incógnita, pois ninguém sabe o que ele vai fazer em campo. Tem vezes que Bale resolve e é importante no time, mas depois passa tempos e tempos sem trazer nada positivo para a equipe.

Sobre Dani Ceballos, Cristiano vem odiando sua atitude desde o início e ele não está mais suportando o jovem jogador que quer ter mais preponderância no time do que acredita que ele merece.