Com passagens por Grêmio, Palmeiras [VIDEO] e Seleção Brasileira, além de ter sido campeão da Copa do Brasil em 2001 pelo time gaúcho, o hoje gerente de #Futebol e ex-atacante Warley foi esfaqueado na madrugada desta sexta-feira (26), em João Pessoa, na Paraíba. Atualmente, ele trabalha no Botafogo local.

O crime ocorreu no bairro de Manaíra, um dos mais nobres da capital paraibana. Segundo informações de amigos, o ex-jogador foi abordado por dois homens, que anunciaram o assalto. Ele entregou o celular e passou o carro para os bandidos, mas, assustado saiu correndo. O ex-atleta foi golpeado duas vezes. Mesmo ferido, ele conseguiu pedir ajuda ao amigo, que o levou ao hospital, onde deu entrada por volta das 4h20 (5h20 no horário de Brasília).

Na versão passada pela polícia, a história é um pouco diferente e dá conta que Warley teria se assustado com a abordagem, houve confusão e ele acabou sendo esfaqueado nas costas [VIDEO]. Os criminosos se evadiram do local levando apenas o celular. O carro, que de acordo com os policias era o que eles pretendiam roubar, foi deixado.

O último boletim médico divulgado no hospital onde ele está internado diz que seu estado é grave. Ele ainda precisou passar por cirurgia no início da manhã.

A carreira

Depois de encerrar a carreira no ano passado, Warley passou a atuar como gerente de futebol do Botafogo da Paraíba, seu último clube. Natural de Sobradinho, no Distrito Federal, ele começou a carreira profissional no Atlético Paranaense, em 1997. Dois anos mais tarde, se transferiu para o São Paulo e de lá para a Udinense, da Itália.

Entre 2000 e 2001, teve uma passagem pelo Grêmio, onde conquistou o título da Copa do Brasil.

Também jogou por São Caetano e #Palmeiras, até retornar ao Atlético, em 2006. Depois rodou por clubes menores, como Brasiliense, Náutico, ABC, Vila Nova, Treze, Campinense, Botafogo da Paraíba, River e novamente o Botafogo, onde pendurou as chuteiras.

Pela Seleção Brasileira, acumulou algumas convocações, jogou quatro partidas e não fez nenhum gol. Sua estreia com a amarelinha foi em um amistoso no Distrito Federal. Também esteve na Seleção que disputou e foi campeã do Pré-Olímpico de 1999.

Além do título da Copa do Brasil, também foi quatro vezes campeão paraibano, campeão paulista (em 2004 com o São Caetano), campeão gaúcho, campeão paranaense, campeão do Distrito Federal e também ajudou o Botafogo a levantar o título da Série D, em 2013. #Criminalidade