O Flamengo foi um dos times que mais se reforçaram em 2017 e tinha, no ano passado, a esperança de conquista de pelo menos um título importante, de nível nacional ou continental.

Bem verdade que o clube esteve bem próximo de conquistar dois campeonatos [VIDEO]importantes, visto que o Flamengo disputou as finais da Copa Sul-americana, perdendo para a equipe do Independiente, e a Copa do Brasil, perdendo para a equipe do Cruzeiro. Em ambas as disputas, ficou evidente uma falha no planejamento da temporada.

Na final da Copa do Brasil, o contestado goleiro Muralha, não tinha uma opção para substituí-lo, tendo o clube perdido a decisão para o Cruzeiro nos pênaltis, no fatídico episódio em que o goleiro escolheu pular todas as cobranças para o lado direito.

Já, na final da Copa Sul-americana, mais um erro de planejamento do diretor Rodrigo Caetano, o clube não contava com um centroavante experiente para substituir o suspenso atacante Paolo Guerrero. Coube ao jovem Felipe Vizeu a responsabilidade de substituir um dos mais badalados nome do elenco rubro-negro [VIDEO].

Em 2017 ficou evidente que o clube precisa corrigir alguns pontos na equipe para a temporada de 2018. Entre eles, o Flamengo precisa de laterais de melhor qualidade, tanto para a direita, quanto para esquerda. Pará, Rodinei, Trauco e Renê não demonstraram estar á altura do elenco rubro-negro, talvez Trauco pudesse ser mantido como reserva da lateral esquerda, por se tratar de um jogador novo e que tem qualidade técnica, entretanto precisa de um trabalho tático defensivo intenso.

Outro ponto que precisa ser pensado para 2018 é a posição de segundo volante, visto que o jogador William Arão oscila bastante durante a temporada, indo de excelentes atuações a péssimas atuações. O Flamengo precisa urgente de um nome de qualidade para assumir ou disputar posição com Arão.

Na zaga o Flamengo também tem problemas, pois precisa contratar um jogador jovem, rápido e de qualidade para compor a zaga titular. Os jogadores com mais minutos no time de 2017 possuem idade avançada e isso pode comprometer a recomposição defensiva da equipe na temporada de 2018.

Outro ponto que precisa ser pensado é a posição de centroavante, pois ainda é uma incógnita o desempenho de Vizeu e o jovem Lincoln ainda não está pronto para assumir a equipe principal, o titular da equipe, o centroavante Guerrero, possui qualidade técnica elevada, mas faz poucos gols.

Todas essas questões preocupam a torcida do Flamengo e o clube parece estar congelado no Mercado da bola, tendo contratado apenas o ponta Marlos Moreno, uma posição em que o clube não carecia tanto.