Cada vez mais conhecido pelas polêmicas das quais se envolve do que propriamente pelos gols que lhe faz honra o apelido, o atacante Gabriel Barbosa, o #Gabigol, protagonizou mais um episódio que causou mal-estar na Europa. Dispensando recentemente [VIDEO] pelo Benfica, o ex-jogador do Santos [VIDEO] fez uma postagem em rede social na manhã deste domingo (14) que desagradou aos torcedores dos Encarnados.

Usando sua conta oficial no Instagram, o ex-santista postou a imagem de um leão. A figural do “rei das selvas” não faria tanto barulho não fosse pelo fato do animal ser símbolo do Sporting, principal rival do Benfica em Portugal.

Isso chegou ao conhecimento também da diretoria do clube, que não ficou nada contente.

Se a passagem de Gabigol pela Inter de Milão, o qual ainda tem vínculo, foi frustrante, a sua ida para Portugal, que poderia representar novos ares e um recomeço no Velho Continente, tem sido ainda pior. A mídia local considera como desastrosa a passagem do jogador por Lisboa, que teve poucas chances no time, marcou apenas um gol e foi incluído em uma lista de dispensa – seis meses antes do término de seu empréstimo junto ao clube – após a volta da parada de final de ano.

A Inter, por sua vez, não demostrou interesse em ter o brasileiro de volta antes do prazo e sua imagem na Itália também é negativa. De acordo com dados de uma pesquisa realizada pelo canal Rai, ele foi eleito por 53,6% dos votos como pior jogador estrangeiro da última temporada.

Atualmente, o melhor lugar que o jogador poderia ter para reencontrar seu bom futebol é o #Santos, time em que esteve até a metade de 2016, porém, o clube brasileiro não atravessa bom momento financeiro e o alto salário pedido pelo atleta tem inviabilizado o negócio.

Chegou ao limite

Time que demostrou mais interesse em trazer Gabriel de volta ao futebol brasileiro, o Santos diz ter chegado ao limite das negociações. Apesar disso, a diretoria está otimista quanto a um desfecho favorável, uma vez que, segundo eles, já existe um acerto com o jogador, restando apenas se acertar com a Inter de Milão. Para isso, contam com o esforço do próprio Gabriel. “Agora tem que ter o esforço do atleta também. O nosso lado está fechado. A gente não vai além, chegamos ao limite e não vamos comprometer o clube”, disse o presidente do clube, José Carlos Peres, na última quinta-feira (11).

Para liberar o jogador por empréstimo, o time italiano pede 1 milhão e meio de euros. Agora o time estuda se pagaria esse valor a vista ou se incorporaria, parcelado, aos salários do jogador. #PaixãoPorFutebol