Jadson é um dos jogadores com maior moral no elenco do Corinthians, voltando de lesão o atleta marcou o gol do título do Campeonato Brasileiro de 2017 e, agora, está como titular absoluto e camisa 10 na equipe do técnico Fábio Carille, portanto as opiniões do atleta contam muito para a torcida corintiana.

O meio-campo do Timão, nesta temporada, deve ser com um volante e outros quatro meias, dentre os principais deste setor o Jadson e Rodriguinho, tendo os outros atletas somente como os coadjuvantes ofensivos.

A diretoria do Timão se inscreveu para participar do torneio de pré-temporada Flórida Cup, para assim chegar no Campeonato Paulista já com um grau de competitividade alto e um nível físico acima dos demais atletas, assim tendendo a ter um começo de temporada melhor do que os restantes times.

Entrevista do atleta

O jogador finalizou a partida da Flórida Cup, onde o Timão abriu um placar de 2 a 0 contra o Rangers e depois tomou uma virada, com o placar de 4 a 2, e em seguida foi dar uma entrevista, já que o peso desta derrota não conta muito por ser somente um torneio preparatório para a temporada que está por iniciar.

Ao ser questionado sobre o objetivo do Corinthians nesta temporada, o atleta foi muito ousado e assustou aos entrevistadores, pois o atleta não disse que a Meta é conquistar títulos, mas sim a Copa Libertadores da América, mostrando um foco total na competição mais cobiçada por todos os clubes da América do Sul.

A torcida corintiana gostou muito da declaração e da possibilidade do Timão ter um bi-campeonato da Libertadores em pouquíssimo tempo, já que a primeira e última conquista da competição do clube foi em 2012, na era Tite.

Fábio Carille

O treinador do Timão optou por utilizar um esquema tático parecido com o que Tite utilizou em 2015 para ganhar o Campeonato Brasileiro de forma incontestável, este foi um 4-1-4-1, tendo então a famosa linha de quatro zagueiros, um volante que deve ser o Gabriel, e quatro meio-campistas, nesta linha cabe Jadson, Rodriguinho, Clayson e Romero.

Por fim, teria um centroavante, que ainda não foi definido qual será, pois este era para ser o Jô, que brilhou na temporada de 2017 e acabou sendo vendido ao Nagoya Grampus, do Japão, por 13 milhões de euros, cerca de R$ 43 milhões. Contudo, este dinheiro deve ajudar para a contratação de um substituto para a posição [VIDEO].

O que está sendo sondado, no momento, é o centroavante Henrique Dourado, do Fluminense [VIDEO].