Não bastante a saída de vários jogadores e a chegada de pouquíssimos reforços – foram três até o momento -, o técnico Jair Ventura tem ainda que conviver com outro tipo de problema: as contusões. Até o momento, ele já perdeu quatro importantes jogadores [VIDEO], sendo dois deles titulares absolutos, e ainda corre o risco de perder mas um de seus 11 iniciais para o duelo contra o Palmeiras, no próximo domingo (4), no Allianz Parque.

Um dos jogadores que estava cotado para voltar, o atacante Bruno Henrique, que sofreu um trauma no olho ao levar uma bolada no rosto na partida estreia do Campeonato Paulista, contra o Linense, foi apenas liberado para fazer exercícios leves, ficando de fora do clássico.

Ele passará por uma nova avaliação na próxima semana.

Quem também core o risco de não jogar o clássico é o lateral Victor Ferraz. O jogador sofreu uma luxação no ombro na partida diante do Ituano e ainda segue com o braço imobilizado. Caso seja vetado, Daniel Guedes deverá entrar na sua vaga.

Outro que também passará por uma nova avaliação é o zagueiro Lucas Veríssimo, [VIDEO] que está com uma lesão muscular na coxa direita. Os exames serão feitos nesta terça-feira (30) e caso não tenha condições de jogar domingo, Luiz Felipe seguirá no time titular.

O Departamento Médico do Santos ainda conta com a presença do zagueiro Cléber, que no treino do último sábado (27) sofreu uma lesão de grau 2 na coxa e ficará afastado por pelo menos duas semanas. Já Yuri, que fraturou um dedo do pé, só deverá retornar no final de fevereiro.

Saiu em defesa de Ferraz

Mesmo terminando a partida contra o Ituano com o braço imobilizado por conta de uma luxação sofrida no ombro, o lateral-direito Victor Ferraz não escapou das críticas, sofrendo vaias da torcida a cada toque que dava na bola. Daniel Guedes, que deverá entrar em seu lugar, caso ele não se recupere, saiu em defesa companheiro de time. “É apenas o início do ano, é muito cedo para falar de A, B ou C. O Ferraz é um excelente jogador, que já fez muitas coisas pelo clube e ainda faz”, disse o defensor, lembrando ainda que ele já foi cotado para servir à Seleção Brasileira.

Guedes, que subiu para o elenco profissional em 2014 nunca jogou uma partida do Campeonato Paulista. Em 2015 e 2016 ele não pôde atuar por estar lesionado. Já no ano passado não foi inscrito pelo então técnico Dorival Júnior. O duelo contra o Palmeiras será domingo (4), às 17 horas, no Allianz Parque, em São Paulo.